BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A Águia e a Coruja
(Teófilo Braga)

Publicidade
A coruja encontrou a águia e disse-lhe:- Ó águia, se vires uns passarinhos muito lindos num ninho, com uns biquinhos muito bem feitos, olha lá, não os comas, que são os meus filhos.A águia prometeu que os não comia. Foi voando e encontrou numa árvore um ninho de coruja e comeu as corujinhas. Quando a coruja chegou e viu que lhe tinha comido os filhos, foi ter com a águia, muito aflita:- Ó águia, tu foste-me falsa, porque prometeste que não me comias os meus filhos e mataste-me todos!Diz a águia:- Eu encontrei corujas pequenas num ninho, todas depenadas, sem bico, com os olhos tapados e comi-as. E, como tu me disseste que os teus filhos eram muito lindos e tinham biquinhos bem feitos, entendi que não eram esses.- Pois eram esses mesmo, disse a coruja.- Pois então queixa-te de ti, que me enganaste com a tua cegueira.



Resumos Relacionados


- A águia, A Javalina E A Gata

- Natal Dia De Esperança

- Fábulas - A Águia, A Raposa E A ProvidÊncia Divina

- A águia E A Galinha

- A águia Ferida Por Uma Flecha



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia