BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Há Poder nas Palavras de Cristo
(E.W; G.Ramos.)

Publicidade
Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! João 1:29.

"E Jesus, andando junto ao Mar da Galiléia, viu dois irmãos,
Simão, chamado Pedro, e André... e disse-lhes: Vinde após Mim, e Eu vos farei
pescadores de homens. Então, eles, deixando logo as redes,
seguiram-nO."... Mat. 4:18 e 19.

A obediência pronta, implícita desses homens, sem promessas de
remuneração, parece notável; mas as palavras de Cristo eram um convite que
encerrava um poder dinâmico. Cristo faria desses humildes pescadores, ligados
com Ele, o meio de tirar homens do serviço de Satanás, levando-os ao serviço de
Deus. Nessa obra eles se tornariam Suas testemunhas, levando ao mundo Sua
verdade sem mistura de tradições e enganos de homens. Mediante a prática de
Suas virtudes, o andar e trabalhar com Ele, haviam de se qualificar para serem
pescadores de homens. ...

Durante três anos, trabalharam junto ao Salvador, e, por Seus
ensinos, obras e exemplo, prepararam-se para levar avante a obra que Ele
começara. Pela simplicidade da fé, pelo serviço puro, humilde, os discípulos
foram ensinados a assumir responsabilidades na causa de Deus. Há, na
experiência dos apóstolos, lições que nos convém aprender. Enquanto estavam
como discípulos, como é natural a alunos que estão
começando a aprender possuíam muitas falhas, cristo sendo o mestre verdadeiro,
com paciência os ensinou para que estivessem preparados para assumir o seu próprio
lugar na pregação do evangelho, quando subisse ao céu. Agora conscientes de sua
missão, unidos entre si e com as lições práticas que haviam aprendido passaram
então a serem chamados apóstolos que significa embaixadores, pois agora
representavam o reino estabelecido pela divindade, e ensinavam a outros com
capacidade a fazerem o mesmo.
Esses homens eram como o aço em sua fidelidade ao princípio. Eram homens
incapazes de falhar, ou de desanimar-se. Eram cheios de reverência e zelo para
com Deus, de nobres desígnios e aspirações. Eram por natureza tão fracos e
impotentes como qualquer dos que se acham agora empenhados na obra, mas punham
no Senhor toda a sua confiança. Eram ricos, mas sua riqueza consistia na
cultura da mente e da alma, e isso pode conseguir todo aquele que colocar a
Deus como primeiro, e último, e melhor em tudo. Longamente labutaram para
aprender as lições que lhes foram dadas na escola de Cristo, e não labutaram em
vão. Ligaram-se com o mais forte dos poderes, e ansiavam sempre uma compreensão
mais profunda, elevada e ampla das realidades eternas, a fim de poderem com
êxito apresentar ao mundo necessitado os tesouros da verdade. ...

Por toda parte a luz da verdade deve brilhar, para que os
corações possam despertar e converter-se. Em todos os países deve ser
proclamado o evangelho. Os servos de Deus devem trabalhar em lugares vizinhos e
distantes, alargando as porções cultivadas da vinha, e indo às regiões além.
Devem trabalhar enquanto dura o dia; pois vem a noite, na qual nenhum homem
pode trabalhar.



Graça, Alegria e Paz, da parte Daquele que era, que é, e que há de
vir. O Todo Poderoso.



Resumos Relacionados


- Um Grandioso Modelo Para Moldar O Nosso Caráter.

- João 1

- Refletindo A Imagem Da Divindade.

- Biblia Sagrada

- Como Se Tornar Um Filho De Deus?



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia