BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A Arte da Guerra
(Sun Tzu)

Publicidade
O livro de Sun Tzu é uma obra de destaque na literatura Universal. Pois, até hoje, permanece sendo utilizada em diversas áreas pelos estudiosos. Sun Tzu conseguiu isso devido há um pouco de inteligência e da percepção dos elementos que constituem a guerra. Limitou-se a escrever os pontos que são comuns a todas, é por isso, imutáveis, desta forma, fazendo com que sua obra permanecesse sendo lida até os dias atuais. Nesse livro o autor faz uma análise da guerra em diversos fatores como o social, econômico, e o quanto ela é prejudicial ao povo. Como era general, sabia o quanto à manutenção das tropas custava ao estado e ao seu povo, pois aumentava os impostos nas províncias. Assim, a todo o momento, deixava claro que se o conflito fosse necessário deveria ser feito de forma rápida, diminuindo os gastos, mortes e destruição.
Sun Tzu salientava sempre a necessidade de avaliação e do planejamento antes de qualquer ação. O Centro das estratégias e o deslocamento que se faz contra o inimigo e do próprio inimigo. Tanto que no décimo segundo capítulo o autor faz uma descrição de todos os terrenos e como podem ser utilizados. Não se preocupa apenas com o terreno. Outros fatores também eram analisados como o clima, disciplina, comando e moral. Cabia ao general analisar de que forma esses fatores seriam usados e esperar que os inimigos não os utilizassem uma delas para atacar. Só através dessa preparação uma nação seria capaz de entrar em um conflito e sair vitorioso dele.
A questão da espionagem, que é relata como um dos fortes trunfos para a vitória, tem a lógica base de que na guerra é necessária muita informação e de informantes seguros.  A psicológica também foi abordada no livro. Tanto que se pode perceber uma malicia muito grande no tocante ao trato das pessoas. Ou seja, mostra como os soldados devem ser tratados nas diversas situações, como em batalha, em descanso e quando estavam em situação de desvantagem.
Tzu preocupa-se também com as atitudes a serem tomadas por um general para que ele fosse respeitado.
            Para Sun o exercito e o general sempre deve parecer o contrário do que é. Incapaz quando capaz, humilde quando prepotente. Preza também a indiferença com relação aos outros com o objetivo de atingir ou conseguir outra coisa.
            A Arte da Guerra é um livro que ultrapassou e irá ultrapassar muitos anos, pois é um livro de idéias arrojadas, até para os tempos de hoje.



Resumos Relacionados


- A Arte Da Guerra

- A Arte Da Guerra (capítulo I - Estudos Preliminares)

- A Arte Da Guerra

- A Arte Da Guerra (capítulo Ii - A Guerra)

- Os Conquistadores



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia