BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A AFECTIVIDADE E A METACOGNIÇÃO NA SALA DE AULA
(Louse Lafoturne e Lise Saint-Pierre)

Publicidade
O conhecimento metacognitivo divide-se em três: conhecimento da pessoa, que se subdivide em intra-individuais e está relacionado às idéias sobre nós mesmos;interindividuais que se refere a comprações entre individuos e universais que está ligado ao funcionamento do pensamento humano, conhecimento da tarefa que se refere-se ao alcance, extensão, solicitação e exigência de uma tarefa; conhecimento de estratégias que está ligado ás estratégias gerais e específicas de aprendizagem(saber onde, como e porquê utilizá-las) - encontramos aí, estratégias metacognitivas, afetivas e de gestão de recursos.
Adentrando mais diretamente na relação na relação direta com a afetividade; ansiedade, que é uma emoção;motivação que se refere à soma de desejos e vontades; atribuição que esta ligado a processo pelo qual o individuo impute seu comportamentoou o do outro.O individuo durante as atividades perpassa de um para o outro continuamente, de forma incostante.E, é justamente através de estratégias metacognitivas que o individuo controla essas interações.
Buscando alcançar a metacognição na sala de aula, o professor deve desenvolver trabalhos em equipes, realizar tarefas específicas com a participação de todos e cooperação. Objetivando, com isso, oportunizar a construção de relações humanistas, dando importância à aprendizagem centrada no aluno.O trabalho em equipe apresenta-se como grande aliado no desenvolvimento da metacognição e da afetividade. O intercâmbio entre os alunos permite compreender a diversidade dos pensamentos.- cada um apresenta um tipo de pensamento sobre o mesmo assunto. Permite a busca de diferentes pensamentos para o aperfeiçoamento do próprio indivíduo e da forma desse agir.
No plano afetivo, mais especificamente, o trabalho em equipe permite ao aluno dar-se conta das igualdades e diferenças entre cada ser que compõe o grupo, suas limitações e suas superações; o que permite diminuir a ansiedade e facilita oprocesso ensino e aprendizagem. Além de todo o trabalho desenvolvido em equipe, faz-se necessário a explicação e a avaliação da mesma forma . A apresentação e a avaliação dos colegas às diferentes formas de pensar ou agir oportunizam a conscientização do pensar diversificado e do nosso próprio pensar.
Para finalizar a obra são apresentada diferentes atividades favorativas da metacognição e da afetividade em sala de aula. São atividades ligadas à disciplina de Matemática que podem ser utilizadas no dia-a-dia escolar. Tais atividades foram aplicadas(testadas) e trazem os objetivos afetivos e metacognitivos, procedimentos, preocupações, sugestões utilizadas, vantagens, limitações. fontes e referencias e, mais ainda, um parecer de alguns especialistas e professores em relação à atividade desenvolvida.



Resumos Relacionados


- Alfabetização De Adolescentes: Nem Criança E Nem Adulto

- O Desafio De Avaliar Bem No Ensino Superior - Parte Ii

- A Pedagogia Brasileira

- Ensino, Pesquisa E Aprendizagem

- Vygotsky - Uma Perspectiva Histórico-cultural Da Educação



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia