BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A aia
(Eça de Queirós)

Publicidade
  A família real composta pela rainha, o rei, filho e seus amos vivia calmamente enquanto o reino se deparou com uma guerra que pôs fim a vida do rei, a rainha como é de esperar chorou magnificamente a morte do seu esposo.
O reino tinha imensos inimigos um dos mais temerosos era o seu tio o irmão bastardo do rei, que desejava a realeza, que como era de se esperar pensou logo em tirar a vida ao príncipe para ficar com as riquezas. É aqui que entra a leal escrava a aia a ama do principezinho e mãe de seu filho. Era ela que amamentava o principezinho e quando soube da intenções do tio trocou  bebes nos seus berços e quem  foi morto foi seu filho .
 Ninguém sabia da troca que a aia tinha feito como também ninguém sabia que o tio ia atacar justamente naquele dia e quando a rainha soube da notícia nem sabia o que dizer a pobre aia, coitada como era de esperar ela não estava com boa cara, a rainha ate se disponibilizou a dar o seu tesouro real, mas ela nada dizia  levaram lhe ate ao tesouro real e todos se encontraram com um enorme silencio da parte dela.
A aia pegou num punhal de um velho rei, cravejado de esmeraldas  e clamou “salvei o meu príncipe e agora vou dar de mamar ao meu filho!”



Resumos Relacionados


- A Aia

- O Príncipe Com Orelhas De Burro

- O Príncipe E O Mendigo

- A Maldade De Exu

- A Princesa E A Ervilha



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia