BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A ALFABETIZAÇÃO D0 NOSSO SÉCULO
(Professor Marcos Flausino)

Publicidade
A   ALFABETIZAÇÃO   D0   NOSSO   SÉCULO
Professor Marcos Flausino
( esboço de um estudo por vir)
 
Introdução
Este estudo exploratório consiste em reunir idéias, discussões e futuras práticas que possam ampliar a forma de pensar do educador e pais quanto ao que é realmente “essência” na educação das futuras gerações, e no crescimento de nós como seres humanos.  Neste processo podemos possibilitar também a transformação auto-consciente do educador e ampliação dos seus horizontes de conhecimento, e com a alteração de crenças impostas, dar ao professor ferramentas que ele possa escolher e como utilizá-las se sentindo então livre em seu espaço educacional.
1)          A Alfabetização Emocional: - esta linha apesar de ter uma passagem intelectual na Educação durante algum tempo com Rogers ( liberdade, amor...) e com Goleman ( inteligência emocional), não tiveram um desenvolvimento adequado, não chegando enquanto ferramenta de trabalho aos professores. Alguns dirão que as capacitações já deveriam ter sido o suficiente, mas na verdade modas em forma de capacitação são ilusões que se desvanecem perante as crenças e praticas. Acredito hoje que uma atualização neste campo com Augusto Cury e outros autores que amadureceram melhor o estudo das emoções no homem, seriam de grande significado para uma capacitação ou grupo de estudo para entendemos e crescermos enquanto educadores de nós mesmos e de crianças. Temos ainda Vivekananda e autores da PNL que atuam hoje no sentido educacional. 
2)       Alfabetização Física/corpo: - este área esta muito relacionada com as demais no sentido de aprendizagem corporal enquanto movimentos e sua compreensão, mas sabemos hoje que estudos apontam para influencia das reações químicas corporais e sua dinamização na mente humana e na gênese das emoções. Aqui temos uma breve idéias que o corpo antes maquina simples e pura, atua também de forma efetiva na nossa forma de ser e viver, e que o adágio “ mens sana in corpore sano”, não é uma forma apenas materialista, mas sim uma síntese, onde corpo e mente são um, e devem ser estudados e trabalhados de tal forma. Vemos em PNL ( programação neuro-lingüística) um estudo pratico da atuação do corpo sobre a aprendizagem. Nos estudos sobre Eneagrama observamos inclusive como o corpo pode ser um ditador quanto a formação dos pensamentos e emoções, quando não trabalhado corretamente. Nos estudos de Rudolf  Steiner ( Waldorf) temos os tipos sanguineos que influenciam no desenvolvimento educacional. Temos que neste ponto abrir os nossos horizontes quanto, alfabetização física do educando.
3)        Alfabetização  Intelectual/ mente:- temos aqui uma dupla função de entendimento desta questão, pois temos apenas estudo nas Universidades uma seção muito restrita no campo de nosso cérebro, vendo apenas a questão intelectual, tanto que praticamente todas as capacitações educacionais acredito que no mundo, são feitas neste ponto, apesar de se criticar os teste de QI, se não saímos do intelecto, o que é aparentemente hilário. Mas voltando, atuamos enquanto gênese do intelecto no aprendizado, e nos esquecemos que o cérebro comporta os sentimentos enquanto conceitos ( amor, ódio...), a comunhão deste com o corpo e com a emoções (enquanto talvez  ente de ligação entre cérebro químico/mente e o corpo).
          Neste campo o que desejo transmitir é a questão das emoções e sentimentos envolvidos na aquisição do conhecimento, a sintonia entre educador e educando. Nesta caracterização temos a questão dos temperamentos que enquanto educadores,  sabemos que tanto influencia o aprendizado, alem temos a personalidade, aqui faço menção a uma coisa não estática, onde o aluno tem na verdade mascaras que o caracterizam enquanto educando que tem ajustes próprios que desconhecem e atua inconscientemente.  Em trabalhos como Eneagrama( 0s 9 traços da personalidade) ou a psicologia transpessoal e até PNL ( pressuposto- ética ecológica - estar na posição do outro), vemos um trabalho onde não temos uma personalidade estática, ou seja, cada vez que nós dizemos Eu Sou ( e aí nos descrevemos), somos na verdade uma das mascaras se descrendo, mesmo que as variações sejam pequenas, sei que o assunto seria deveras complexo, porém ao conhecer um pouco esta área, nos facilitaria, como educadores nos posicionarmos frente a um aluno mais real e entende-lo enquanto ente humano em transformação, e que nos pede ajuda para se entender e se compreender, podendo assim crescer de forma realmente auto-conciente.  O autoconhecimento é a essência das hoje da educação, tanto para alunos como nós professores.  Temos que aqui deixar claro que as teorias espiritualistas separam o cérebro e a mente, colocando em situações distintas e estudando-as enquanto ente físico e ente não físico. Aqui temos outra questão extremante complexa e contraditória, que não nos cabe argumentar, porém devemos estudar. 4) Alfabetização  Espiritual: - este tópico com certeza é o mais polemico pois esbarra em “programas sociais e culturais”, devemos ver sim os estudos quanto ao desenvolvimento da personalidade na questão de entendimento da alma, da religiosidade como forma de religar com o divino, das questões como: - ajudar aos necessitados, amar ao próximo, respeitar etc.
     A questão espiritual pauta-se então aprender conceitos e apreendê-los como algo pertinente a evolução do ser humano, como coisa que deve fazer parte de si, para que se possa crescer e estar bem consigo mesmo, e não apenas como um código morto imposto por um adulto ou em uma igreja dominical. 
     Vemos aqui ainda a questão da pratica e não só a teoria pois aquilo que não é praticado com emoção não chega a alma, logo acaba por não ter importância para o EU SOU.



Resumos Relacionados


- Paulo Freire Para Educadores

- AlfabetizaÇÃo De Deficientes Visuais: Uma Análise Didático-metodológica

- A Importancia Das ProfissÕes

- Teoria Corpo E Mente

- Alfabetização De Adolescentes: Nem Criança E Nem Adulto



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia