BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A ÁGUIA, A RÃ, O RATO E O SEGREDO - FÁBULAS
(ESOPO)

Publicidade
 Esta fábula como foi contada pelos reis deuses da Suméria, até que faz sentido. Em Esopo, uma rã e um rato fazem um pacto de ajuda mútua para escapar da águia e acabam amarrando um cordão da perna de um ao outro. Quando a rã mergulha sem perceber que o rato não sabe nadar, ele se afoga. Inchado, acaba boiando e a rã presa pelo cordão fica no meio da profundidade. A águia em vôo veloz leva o rato para alimentar seus filhotes e fica surpresa com caçar também a rã que vem amarrada pelo cordão à perna do rato. Concluem os clássicos fabulistas gregos, romanos e renascentistas que, fazer contratos sem considerar as diferenças entre os contratantes acaba lesando aos dois. Na Suméria o conto era mais longo. Deixa entrever forças estranhas mandando em nosso mundo. É uma águia que passa fome porque um rato e uma rã lhe fogem sempre, avisando um ao outro sua aproximação se o outro estiver distraído. O rato esconde em sua toca e a rã mergulha na lagoa. Uma noite, com muita fome, a águia sonha que jogou um cordão que enlaçou o rato e a rã, caçando assim os dois de uma só vez. De manhã saiu em seu vôo de fome com o sonho muito vivo em sua mente e ficou em busca de caça sem nada achar até a tarde. Ao ver o rato afogado boiando na lagoa, mergulhou veloz das alturas e apanhou o seu almoço. E lá veio a rã amarrada pelo cordão ao pé do rato. Seu sonho se havia realizado! O narrador sumeriano conclui que “muitas vezes nossos sonhos se transformam em realidade porque são operados pelas forças invisíveis do mundo”. Hoje nós ouvimos falar de um “Poder da Mente” cujo “Segredo” é mentalizar aquilo que queremos com bastante fé, porque assim nossos desejos se realizam. Podemos concordar até certo ponto, mas havemos de perguntar sempre sobre a justiça de a águia poder vencer com a força da sua mente o poder defensivo da rã e do rato, os quais, nem unindo suas forças vão escapar de ser devorados! Bem! Outro tablete sumério fala de outra conclusão para a fábula que Esopo contou sobre o fim da escravidão da rã e do rato – As Trevas Rapinantes sugerem aos homens o sistema escravo porque amarrando os aproveitadores com os indolentes irresponsáveis, ambos cairão juntos em suas garras. Será então que podemos ensinar as águias rapinantes a serem vegetarianas e assim salvar as vidas dos ratos e das rãs para que tenham mais tempo de aprendizado em cada transmigração através das sussessivas formas de vida?



Resumos Relacionados


- Fat Cat (fat Cat)

- Http://diario.iol.pt/acredite-se-quiser/acredite-tvi24-rato-cantar-jap

- O Pardal, O Gato E O Rato - FÁbulas E Mitos

- A HistÓria Do Rato

- Shoo Fly! (shoo Fly!)



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia