BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Cadê o tutu, Barão? III Mansur Deixou um Rombo de R$400 Milhões
(Carlos Rossi; ?Mega Arquivo)

Publicidade
Cadê o tutu, Barão? III Mansur Deixou um Rombo de R$400 Milhões
A aventura de Mansur, dono das redes Mappin e Mesbla, falidas há 10 anos, terminou com um rombo de 400 milhões de reais, segundo um documento do Banco Central. O Banco Crefisul, também de Mansur, era uma instituição de porte médio, que cresceu com a incorporação do Banco Antônio de Queiróz, comprado com o dinheiro do PROER. Seria apenas mais um caso de banco que quebrou mesmo recebendo ajuda de Brasília, se não fosse pelo dono: empresário de fortuna rápida e gosto pela ostentação. Comprou e quebrou as 2 maiores redes de lojas do país, que chegaram a faturar 1 bilhão de dólares. Mesmo quando seus negócios já estavam derretendo, estudava a compra de um jato de 40 milhões de dólares e jogava pólo na Inglaterra. É óbvio que muitos credores acabaram ficando a “ver navios”, no Mappim, os indícios de fraude eram gritantes.
Crise Mundial – Filme Repetido
Há 10 anos, na Rússia, o presidente Iletsin foi incriminado num episódio de corrupção. O império soviético ruiu e fazia 10 anos que caía o muro de Berlim, mas a economia dos países envolvidos continuava desmoronando. A China resistia, mas os analistas já apontavam as estatais chinesas como fonte de futuros problemas. Dentro das estatais havia uma poderosa rede controlada pelos militares.

Fonte: Veja



Resumos Relacionados


- Mega Memória –desigualdade, Isenção De Impostos E A Ford

- Revista Factual

- O Globo

- Banco Do Brasil

- Mega Memória – Varejo, Fase Difícil



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia