BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Sun Tzu A Arte da Guerra
(Sun Tzu)

Publicidade
Sun Tzu o mais antigo tratado militar da história criado pelo general Sun Tzu que foi criado a 500ac. Os 13 capítulos nos mostra a arte de uma guerra.
O I ( primeiro) A arte da guerra é questão vital para o estado. È o âmbito onde a vida e a morte são fundamentadas, um caminho que leva a aniquilação ou determina a sobrevivência. Deve ser examinada com cuidado e nunca negligenciada.
O II, operação de guerra, como guerrilhar. Em uma batalha preze pela batalha rápida e evite longas batalhas, isso pode nos gerar gastos.
O III, preparando o ataque, em guerra a melhor opção é pegar o país inimigo intacto.
O IV, posições e táticas, a invencibilidade repousa na defesa e a vulnerabilidade se revela no ataque, assim dizia Sun Tzu que dizia que a oportunidade de derrotar o inimigo é dada por ele mesmo.
O V estratégia de conforto direto e indireto,” comandar muitos é mesmo que comandar poucos tudo é uma questão de organização”. Sun tzu dizia tenha o nome de todos os militares.
O VI, pontos fracos e pontos fortes, para conseguir força do seu exército seja como uma pedra batendo contra um ovo, saiba utilizar pontos fortes s fracos.
VII, manobras. O general que recebe ordens de um soberano deve posicionar seus homens em local vantajoso.
IIX, eventualidades esteja pronto para eventualidades. Um general que, fica caindo em armadilhas do oponente cairá em uma emboscada sem perceber.
O IX, O exército em movimento. Movimente sempre seus homens para locais altos de onde se vê tudo, fique sempre em local ensolarado.
X O décimo, Terreno. A superfície da terra existem lugares de onde você deverá fugir e outros que deve ir atrás más deve conhecer todos.
XI os nove tipos de situações. “a velocidade é a essência da guerra”A arte da guerra conhecer nove situações de acordo com a variação do terreno: o dispersivo, o fácil, o controverso, o aberto, o de estradas cruzadas, o terreno crítico, o difícil, o vulnerável a emboscadas e o mortífero.
XII ataque pelo fogo. Tenha sempre em mãos um arsenal para atacar com fogo, mantenha a calma e aguarde um vacilo do inimigo.
XIII O uso de espiões “O que possibilita ao soberano inteligente e seu comandante conquistar o inimigo e realizar façanhas fora do comum é a previsão, conhecimento só pode ser adquirido através de homens que estejam a par de toda a movimentação do inimigo”. Conheça bem seu oponente esta é a arte da guerra.



Resumos Relacionados


- A Arte Da Guerra

- A Arte Da Guerra

- A Arte Da Guerra

- A Arte Da Guerra

- A Arte Da Guerra (capítulo Iii - Plano De Ataque)



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia