BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A água na dieta animal
(Lee Franke; Roberto Fray e Alexandre de campos)

Publicidade
Por ser o nutriente mais presente na constituição corporal dos bovinos, a água é fator-chave na produção.Por esta razão, é necessário que esteja disponível sempre que o animal precisar. A água possui várias funções no animal, dentre elas, a de facilitar a mastigação e deglutição dos alimentos, devido à presença de saliva; e de auxiliar os processos de digestão; a de transportar substâncias nutritivas no sangue e também os residuos  que serão eliminados pelo organismo, através dos rins, e a de regular a temperatura corporal, pelo mecanismo de transpiração. Por outro lado, a deficiência de água dininui a digestão, a eliminação de resíduos, a resposta imunológica contra patógenos e a distribuição de nutrientes pelo corpo. O acúmulo de resíduos pode levar a uma febre forte, com possíbilidades de destruição de gorduras corporais. Geralmente, ocorrem problemas graves, como a diminuição de leite, quando falta água ou sua distribuição é irregular.A falta de água fará com que o animal consuma menos alimento, e a redução do consumo de forrágens pode levar à perda de peso ou da produção de leite. Com uma alimetação deficiente, pode haver um aumento do intervalos entre os partos. É certo que o consumo de água é afetado pelas necessidades fisiológicas, temperatura, atividade física, pelo nível de consumo de forragem, formulação da ração e constituíção física da dieta, quando altos níveis de proteína e de sal aumentam o consumo de água. Em média bovinos de corte necessitam de 45 litros por cabeça a cada dia ou 8 a 9 litros para cada 100Kg de peso vivo. Já as vacas leiteiras necessitam de 40  140 litros tudo isso de acordo com a produção de leite e sua genética. Mas tudo isso tem de ser levado em conta pelo técnico especializado que irá dimensionar os sistemas de fornecimentos da água dos animais. No caso de vaca em lactação, é necessário um aumento no consumo de água da ordem de 4 a 5 litros para cada Kg de leite a ser produzido considerando uma alimetação sem deficiência. Mas não é apenas a quantidade de água que interfere na saúde, mas também sua qualidade. Se ela estiver contaminada  por exemplo, com matéria orgânica, resíduos de fábricas, poderão ocorrer problemas como diarréia e contaminação com parasitas. Logo a água fornecida deve ser limpa, livre de qualquer tipo de contaminação. Bebedouros é presiso dimencionar:  O fornecimento mais seguro de água são os bebedouros, que são estruturas a base de cimento liso, metálicos, de fibra ou de plásticos alimentadas por encanamentos e bombas qua são construídas nos pastos de forma a atender a demanda por água do plantel, os bebedouros são abastecidos por um reservatório, que deve ficar na parte mais alta da propriedade, para que a água desça por gravidade para todos os bebedouros facilitando a distribuição e diminuindo a chance de faltar água em período de escassez. Os animais devem ter acesso a bebedouro em todos os piquetes ou seja o números de animais em grupos e o tamanho médio dos animais e o tempo médio de permanencia desses animais no local. Concluindo, se pode afirmar que a água é um insumo barato, que traz grandes beneficios ao rebanho. Todavia com a pressão ambiental cada vez maior a água na pecuária vai precisar ser usada de forma mais eficiente racional e será cobrado do produtor que ele não polua os rios e córregos  com dejetos, levando-o a disciplinar o uso de água em sua propriedade. Já os produtores que, utilizam critérios técnicos começarem a se preparar mais cedo para este cenário irão ter vantagens em relação aos demais, que ainda não estão atento a esse fator importante. Esse tipo de vatagem pode ser a garantia de permanecer competitivo no mercado de tanto de leite quanto de corte.                                                        TABELA 1                  Porcentagem de água na composição corporal de um bovino  Fase da vida animal                                                                    Água em sua composição Embrião na concepção                                                                                95% Ao nascer                                                                                                   75-80% Aos 5 meses                                                                                               66-72% Animal adulto                                                                                             40-65%                                                      TABELA2                         Custo de implementação de sistema de bebedouros Item                               Valor Unitário   Numero           Valor            Vida Útil(anos) Valor anual Bebedouro(6.000L)       R$2.500,00             4                 R$10.000,00         25                 R$400,00 Bebedouros(200L)        R$417,50                1                 R$417,50              25                 R$16,70 Bebedouros(metro)       R$3,50                    2.000          R$7.000,00           15                 R$466,67  Reservatórios(46.000l) R$8.000,00             1                 R$8.000,00           25                 R$320,00 Bomba                            R$1.000,00             1                 R$1.000,00           10                 R$100,00 Total com depriciação             -                        -               R$29.059,25          -                R$3.945,12



Resumos Relacionados


- Água

- Importância Da Água

- As Corcovas Dos Camelos Armazenam água?

- Hidratação

- Situação Da Água Doce Em Números



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia