BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Sacha Baron Cohen, Borat, Ali G, Bruno
(EX)

Publicidade
Politicamente incorrecto, corrosivo, polémico, despropositado, provocador, Sacha não conhece limites quando se trata de fazer humor, mesmo se a pessoa visada é ele próprio. De origem judia, não se coíbe de ridicularizar os judeus e já tem sido acusado de anti-semitismo. Mas nos Prémios MTV, em Lisboa, o Cazaquistão não foi a sua única vítima. Madonna, que abriu o espectáculo com a estreia ao vivo do seu single «Hung Up», deve ter ficado furiosa quando Borat se referiu a ela perguntando: «Quem é o cantor que actuou antes de mim? É muito ousado da parte da MTV começar o show com um travesti».
Com efeito, foi Madonna que deu projecção mundial a Sacha ao convidá-lo em 2000 para aparecer no videoclip «Music» na figura de Ali G, onde faz de motorista da cantora. Este salto na sua carreira permitiu-lhe gravar a seguir o seu próprio CD com o cantor jamaicano Shaggy e conquistar mais tarde dois troféus da Academia Britânica de Cinema e Televisão em 2001, pelo seu desempenho como comediante e pelo melhor programa de humor da TV, o «Da Ali G Show», que continuou nos anos seguintes.
Nascido em 1971, em Londres, Sacha começou por ser mais conhecido como humorista no Channel 4, com o programa «The Eleven O’Clock Show», em 1998, onde entrevistava figuras públicas do Reino Unido com perguntas estúpidas, formato que utilizou com sucesso nos programas seguintes.



Resumos Relacionados


- Sinopse - Borat (filme)

- Borat

- Aposentadoria De Madonna

- 80 Anos De João Gilberto

- O Brega EstÁ De Luto Em Manaus



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia