BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Cabrito INSULTA LOBO
(ESOPO)

Publicidade
Era uma vez um Cabrito e um Lobo. Quando a Fera estava passando ao longo da rua do bosque, um Cabrito bem abrigado atrás das grades do redil começou a desafiar e insultar o feroz canídeo das matas. Este revidou-lhe: "Não é a mim que estás insultando, mas sim desprezas a posição que estou ocupando em campo aberto enquanto tu estás bem protegido!" Moral - Desafiar o mais forte depende da proteção que tivermos. ANÁLISE - Nas versões mais antigas, remontando a Babilônia e Suméria, esta fábula é comentada ao final para que cada um tome cuidado de resguardar-se dos ataques dos poderes malignos e desaconselha fazer qualquer desafio ou afronta, pois ainda pode ser que no futuro sejamos apanhados sem a proteção que tínhamos quando fizemos a afronta e aí seria maior a ira dos malignos. Jesus Cristo fala mais ou menos no mesmo sentido para que "não nos oponhamos ao maligno". A fábula sobre Hércules e a Discórdia também faz lembrar que o poder do Mal se alimenta com os atos de Ira, Ódio, Inveja, Ambição, Agressão, etc.



Resumos Relacionados


- O Galo E A PÉrola - FÁbulas

- Fábulas - Lobo E CÃo Dorminhoco

- Diógenes E O Calvo - Fabulas

- O Lobo, A Lebre E O Lince - Fábulas

- A Cegonha E O Lobo - FÁbulas



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia