BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Daniel RECUSA ADORAR ESTÁTUA DO DEUS DE NABUCODONOSOR
(daniel)

Publicidade
No Cap 3 do livro de Daniel se conta que o Rei Nabucodonosor mandou erguer uma estátua de ouro de sessenta côvados de altura e obrigou a todos os nobres, sátrapas, sábios e guerreiros que adorassem a estátua, sob pena de serem atirados a uma fornalha ardente. Logo que os arautos anunciaram o decreto do Rei e todos os súditos se preparavam para a adoração, vieram avisar ao rei que alguns judeus, dentre eles Daniel e seus dois companheiros protegidos do Rei não obedeceram. Nabucodonosor mandou chamá-los e lhes perguntou se era verdade que não adorariam a Estátua como seu deus. Ante a resposta de que não o fariam porque só adorariam o deus Jeová Verdadeiro e Único, livro de Daniel descreve em Dan.3,19... Nabucodonosor se encheu de furor contra Sadraque, Mesaque e Abede-Nego; falou e ordenou que o forno se aquecesse sete vezes mais do que se costumava aquecer. 3,20 E ordenou... que atassem a Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, para os lançarem no forno. Prossegue em Dan.3,22...e o forno estava sobremaneira quente... matou aqueles homens que levantaram a Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. 3,23 E estes três homens caíram atados dentro do forno de fogo ardente. 24... o rei Nabucodonosor se espantou ... e disse aos seus capitães: Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo? 25... Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada há de lesão neles; e o aspecto do quarto é semelhante a filho dos deuses. 3,26 Então, se chegou Nabucodonosor à porta do forno... e disse: Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, servos do Deus Altíssimo, saí e vinde! Então, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego saíram do meio do fogo... sem nenhuma queimadura. Conclui o texto Bíblico que o Rei baixou um decreto assegurando punição aos que blasfemassem contra o Deus de Daniel e de seus companheiros judeus. COMENTÁRIO - Muitos textos bíblicos como este são levados à conta de lendas sem qualquer realidade e os intérpretes levam essas estórias ao cesto comum de crendices que os narradores das Escrituras redigem para que os crentes se entusiasmem e tenham fé. Será mesmo que o Poder Máximo na Terra precisa de textos marqueteiros? Ou pode ser que esse texto foi escrito e intrometido nos livros dos Profetas para no futuro tentar desacreditar o livro todo por conter descrições inverossímeis? Ou ainda: os fatos realmente aconteceram, mas não foram tão dramáticos e quem contou aumentou um ponto... No entanto, se levarmos realmente a sério que há um Poder acima de todos os homens e cujo alcance nem sonhamos... Que diferença faz transformar pedras em pão, curar um cego, parar uma guerra, ou fazer alguém passar pelo fogo sem se queimar? Lembrem o que disse Jesus Cristo sobre a cura do cego de nascença, se ele estava assim por pecados de vidas anteriores ou por erros dos pais e avós: "Nem uma coisa, nem outra... era para que nele se mostrassem as obras divinas"... E o resultado é a discussão em que temos que pensar friamente e em grande profundidade, até onde alcançam as Obras Divinas. Diremos que se trata de uma alegoria em que o escritor bíblico nos dá a conhecer que o poder do ouro (hoje escravizando e escondendo o Ouro para matar a todos em um fogo destrutivo sete vezes maior...) quer que o adoremos e nos atira a uma fogueira econômica sem precedentes, porém nós temos nossa força do Alto como unidade indissolúvel de todos nós com nossa essência para impedir nossa destruição. Leiam nos resumos ramacheng e no BLOG as explicações que ligam todas as informações.



Resumos Relacionados


- Deus De Israel

- Bilbia - EstÁtua C/pÉs De Barro - Sonho De Nabucodonosor

- José E Daniel

- Atrocidades Bíblicas

- Bíblia - Livro De Profecias



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia