BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


É TEMPO DE PLANEJAR
(FRANCISCO ALBUQUERQUE)

Publicidade
É tempo de planejar!



Fazer
aquela pós-graduação que tanto almejamos ou aquele curso de extensão que fará
diferença em nosso dia a dia, arrumar mais tempo para a família, namorada (o),
esposa (o), filhos, amigos, fazer aquela reforma em casa, entrar na academia,
praticar algum esporte, viajar mais. Sim, esses são os desejos que a
maioria das pessoas tem, mas vale advertir que desejos são diferentes de
objetivos.

Em quatro horas dá para fazer muita coisa, como outra faculdade,
ou academia por exemplo.

Eu vejo nisso tudo uma grande oportunidade para as empresas, pois
elas poderiam ampliar a retenção de seus profissionais se oferecessem, por
exemplo, “ajuda moradia” em regiões mais próximas do trabalho. Ou até mesmo
oferecer o home office em alguns dias da semana para seus profissionais (isso
já acontece, mas em poucas empresas), e nem estou incluindo os espaços de
coworking que estão se multiplicando por aí.

É claro que isso se encaixa melhor para profissionais do
conhecimento e, infelizmente, em algumas atividades que requerem a presença
física, isso já se torna um pouco mais difícil.

Como o foco é falar de planejamento, fim de ano é sempre assim.
Pegamos uma agenda para anotar nossos objetivos para o ano seguinte ou
imaginamos o que queremos conquistar. Mas vou te dar uma má notícia: isso não é
um plano!

Sabemos que o dia a dia nos força a sair do trilho algumas vezes,
mas, mesmo assim, costumo dizer que saber para onde estamos indo é melhor do
que não saber. Portanto, fazer um plano é pensar e detalhar o máximo
possível como iremos
realizar esses objetivos.

Transformar sonhos e desejos em objetivos requer um determinado
esforço, principalmente psicológico, pois nos força a sair da nossa zona de
conforto e ditar as regras para a nossa vida.

Claro, é muito mais difícil para quem tem família, pois é
necessário pensar em conjunto. Diferente para um jovem que ainda não precisa se
preocupar com tantas responsabilidades – e não estou dizendo que os jovens não
tenham responsabilidades, mas cada circunstância tem um peso e gera um grau de
esforço diferente.

Portanto minha dica é:

- Avalie o que você realizou do plano que você fez no ano passado
para este ano (se é que você fez);

- Priorize e repriorize cada item;

- Descarte aquilo que não faz mais sentido;

- Inclua novos desafios;

- Crie seu “conselho pessoal” com seus amigos e familiares e peça
a eles ajuda para a avaliação dos seus planos. Pode ser que algumas vezes não
enxerguemos alguns detalhes importantes.

- Por fim, dedique-se à execução dos seus objetivos, sempre com
muito empenho e esforço.

Comemore os resultados, compartilhe com os seus “conselheiros
pessoais”, mude o rumo quando precisar, mas não esqueça nunca: para quem não
sabe para onde vai, qualquer caminho serve.



POR: FRANCISCO ALBUQUERQUE



SITE: http://www.hsm.com.br/blog/2011/12/e-tempo-de-planejar/



Resumos Relacionados


- Status Quo

- Artigo: OrÇamento E Plano De AÇÃo Anual: O Futuro É Agora!

- Um Breve Guia Para O Desenvolvimento Pessoal!

- Http://ganhapaoonline.blogspot.com/2011/12/em-primeiro-lugar-vamos-esc

- Diga Não à Mesmice!



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia