BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


E a Vida Continua
(Chico Xavier/ Espírito André Luiz)

Publicidade
Evelina
Serpa está internada numa estância climática de repouso (Poços de
Caldas/MG), sofreu aborto terapêutico e logo após,
bastante enferma, aguarda cirurgia. Seu estado
de saúde é grave.
O marido não lhe ama, tem uma amante. Aí ela conhece Ernesto Fantini, mais velho que ela, estabelecendo empatia, de pronto, tornando-se amigos e
confidentes. Ernesto também aguarda cirurgia, com o
mesmo diagnóstico.Ernesto transmite-lhe
muitos conceitos filosóficos sobre a morte. Ele estuda obras espiritualistas e ela é católica. Enfatiza o respeito devido a todas as religiões. Sentem uma certeza íntima, de que já tinham se encontrado antes. “O suicídio e o crime são atos de delírio” diz Ernesto, em tom algo misterioso. Evelina, por sua vez,
sente-se responsável indireta pelo suicídio de Túlio, antigo namorado e
por isso passa a sofrer complexo de culpa. A “confissão” foi em vão, Ernesto deixa entrever que é portador de problemas graves. Prometem se
reencontrarem “na outra vida”, se Deus permitir.
Evelina tem poucas chances de cura, Caio, não obstante ter
uma amante se desdobra em carinhos e atenção para com a esposa. Concluída a cirurgia (ablação de tumor), os médicos informam a ele o pouco tempo de sobrevida. A seu
pedido, Caio leva-a a passeio no local preferido de ambos
nos tempos do namoro e noivado, comovido, ele sente remorsos. Beija-a com sofreguidão,
simultaneamente com ternura, repassa-lhe a impressão de sentir por
ela imenso amor, deixando-a feliz. No dia seguinte a paciente
teve crise e morreu.Evelina desperta num quarto espaçoso, com
janelas mostrando o céu. Não consegue explicar a amnésia que a custo vai sendo eliminada, com lembranças fugazes: volta no tempo;
revê a sua vida; vê o pai, que morrera quando ela tinha dois anos;
após, vê-se flutuando sobre o próprio corpo; depois, sono invencível...
Logo pensa nos familiares e não entende porque nenhum estava ali.
Sente-se completamente saudável. contudo, identifica-se num
hospital. Ernesto também morreu e eles reencontram-se no mesmo lugar
e comentam desconhecer há quanto tempo estão ali, julgando ser uma
instituição psiquiátrica, paira no ar a suspeita de que ali todos vivem uma
outra vida, eis que há padres que, simultaneamente, são médicos,
professores, cientistas e operários. Todos prestam serviços de socorro
espiritual, em nome de Jesus. Assistem a um “encontro de cultura espiritual”, sob o tema “Da
existência na Terra”, no qual são abordadas questões referentes à
matéria e os átomos, energia e luz, além de reflexões sobre a evolução
do Espírito, com base na fé e na reencarnação. Por fim, lição clara
sobre a morte, sendo esclarecido de que “cada individualidade, após o corpo físico, encontrará emoções, lugares, pessoas, afinidades
e oportunidades”, conforme vivenciou a existência terrena..Irmão Cláudio dá explicações lógicas sobre a vida física e a
espiritual: a matéria densa se resume a energia radiante condensada e
dia chegará em que o homem compreenderá que a matéria é luz coagulada –
substância divina, sugerindo a presença de Deus. O Plano Espiritual pode
ser chamado de “outra vida”, “outro lado”, “região extrafísica” ou ainda
“esfera do Espírito”, contudo apresentará aos que nele habitam
impressões de acordo com seus recursos sensoriais.
Tanto quanto na Humanidade, no Plano Espiritual há infinitos graus de
inteligência e de conduta moral, havendo locais compatíveis para cada
categoria de Espíritos que lá aportam.Nos arredores estão acomodados milhares de Espíritos infelizes, porém
devidamente assistidos pelo Amor Divino. No “Templo da Nova Revelação”,
consagrado ao culto a Jesus, Ernesto e Evelina e muitos outros hóspedes
daquela cidade de regeneração e refazimento ouviram a comovente e
ilustrativa palestra de um bondoso sacerdote, comentando o encontro consigo mesmo
do Espírito, após a morte: títulos ou disfarces terrenos desaparecem
e é assim que cada Espírito se mostra como é na verdade,
revelando-se por si.
Caravaneiros sob a direção de
Cláudio, do “Instituto de Ciência do Espírito” realizam visitas de assistência semanal
às regiões infelizes. Ernesto e Evelina são convidados. São densas e sombrias paragens com milhares
de moradores desequilibrados, embora muitos deles sejam de
vigorosa inteligência, mas pervertidos. São apresentadas
noções claras sobre as Leis da Vida e o livre-arbítrio: causa e efeito,
ação e reação ( Justiça Divina ), com exemplos fortes da vida, no Plano
Espiritual, daqueles que se fixaram no orgulho, no egoísmo, na
simulação, no gozo das honrarias, das paixões e das mordomias terrenas.
Mas, gloriosamente, alguns desses habitantes
são Espíritos em missão para ajudar a familiares ou amigos transviados. Ocorre pungente encontro de Evelina e Túlio. Túlio, perturbado, tido como suicida, na
verdade foi assassinado por Caio mantinha firme propósito de
vingança. Foi atendido por assistentes espirituais, mas
tinha idéia fixa na ex-noiva, Evelina; a sensualidade desse Espírito
levou-o a assediá-la, ao reencontrá-la no Plano Espiritual. Evelina quase se envolveu, mas foi protegida por
sua disciplina moral e pelo poder da oração, que neutralizou tal
agressão. Para Evelina, auxiliar a regeneração de Túlio é tarefa que marcará sua
própria regeneração. O livro versa sobre trabalho regenerador, introspecção, perdão, família espiritual, lições maravilhosas sobre a continuidade da vida e a reencarnação, entre outros em um grande atestado da Assistencia Divina na vida de todos nós.



Resumos Relacionados


- Entre A Terra E O Céu

- Exilados Por Amor

- Ninguem Lucra Com O Mal

- Obsessores E O Mundo Invisível Das Trevas

- Nosso Lar



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia