BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Pagando Contas com Cartão de Crédito
(Fred)

Publicidade
Em recente artigo, falei sobre como podemos ter maior controle sobre nossas finanças pessoais com a ajuda de planilhas, tratei especificamente sobre uma ferramenta na web chamada Contas Online e suas vantagens para gerir de forma eficiente nossas finanças.Nesta mesma linha, outra ferramenta que também pode ser usada para facilitar o pagamento de contas é o uso do cartão de crédito, cada vez mais usado pelos brasileiros e que possui algumas facilidades quando se trata de pagar boletos:Uma única data para pagamento de várias contas (colocando-as em débito automático no cartão) facilitando a administração das dívidas.Postergar o pagamento das contas até o vencimento da próxima fatura.Uso de benefícios e milhagens ao acumular pontos.Mas… (sim, sempre existe um “mas” quando falamos em serviços de Bancos) junto com esta possibilidade vem uma série de tarifas bancárias que dificilmente valeria a pena o uso desta “facilidade”. Sendo que cada Banco pode cobrar taxas diferenciadas, só com muita pesquisa e estudo para se certificar se é vantajoso embarcar nesta ideia. Eu sempre me mantive fora.Somente quando soube que o Santander possuía um serviço de pague contas via cartão de crédito sem a incidência de tarifas (para pagamentos em débito automático e mesmo para pagamentos avulsos) e também sem IOF (Imposto sobre operações financeiras, que é imposto do governo e não tarifa do Banco), resolvi experimentar.Entrei em contato via telefone com o Santander e após várias semanas tive a liberação do cartão chamado Santander Free (existe uma razoável burocracia neste trâmite e realmente pode demorar) com um limite de cerca de um mil reais, o suficiente para testar o serviço. À primeira vista, achei interessante: coloquei algumas contas no cartão e o pagamento foi feito corretamente sem incidências de tarifas e impostos.Mas… O IOF começou a ser cobrado a partir da minha última fatura, provavelmente devido a obrigação do governo que entende essa transação financeira como um financiamento bancário. De qualquer forma, ainda sem pagamento de qualquer tarifa eu mantive o pagamento de algumas contas neste cartão. Veja abaixo um exemplo para ver como ficou:09/09/2013CLARO CO46,9009/09/2013IOF REFERENTE A 09/09/130,18Paguei uma conta de celular no valor de R$ 46,90 com incidência de IOF de R$ 0,18. Correspondendo a 0,38% do valor da conta, de acordo com decisão do Governo Federal. Adicionalmente ainda é possível o Santander cobrar o IOF diário até a data do pagamento da fatura, que poderá vir na próxima fatura, vamos ver… As regras dos Bancos que regem as tarifas e as próprias regas do Governo Federal a que os Bancos estão subordinados, mudam com frequência, infelizmente. De uma hora para outra o cenário pode ser totalmente diferente.Por enquanto continuo testando este modo de pagar contas, que na verdade é um processo novo para mim. Vamos ver como fica para frente. E vocês? Pagam desta forma também? Ou acham que realmente não vale a pena?



Resumos Relacionados


- Www.paypal.com

- Http://g1.globo.com

- Novas Regras Para Fechar Contas Nos Bancos

- Informações Detalhada Sobre Conta Paypal.

- CartÃo De Debito Cuidado



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia