BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A ansiedade, o mal do século
(m trozidio)

Publicidade
Reconhecida hoje
como o mal do século, a ansiedade é o início de toda uma gama de problemas
psicológicos que rapidamente se tornam físicos e, com isso, derrubam drasticamente
a qualidade de vida de mais de 90% da humanidade.

Estaransioso,
resumidamente significa se preocupar, criar expectativas exageradas com o
futuro. Essa atitude mental, gera dentre muitos sentimentos, a tensão, a
preocupação, o medo, a irritabilidade, a angustia, ou seja, todos os sintomas
prejudiciais à nossa saúde física e mental.

Além de todos
esses destrutíveis efeitos causados pela ansiedade, outra forte característica está
diretamente voltada a inércia. Sim! Porquê quando ansiosos, geralmente nos
colocamos num estado imóvel, paralisados, aguardando por um milagre que possa
resolver os nossos problemas e realizar os nossos desejos.

Em outras
palavras, resumidamente, estar ansioso é “não estar vivendo no tempo presente”.

É exatamente a
entrega a esses devaneios futuros, do pode ou não acontecer, que nos impede de
viver o “momento presente” e nos coloca como uma criança, que literalmente
acredita que existe um monstro debaixo da sua cama.

Pesquisas
realizadasno mundo inteiro sobre os temores causados pela ansiedade, comprovam
que 98% desses receios terminam não acontecendo, ou seja, isso significa que
sofremos inutilmente por alguma coisa que – muito provavelmente – não irá
acontecer.

Lembroque todo
o trabalho, que o verdadeiro trabalho só pode ser realizado no “momento
presente”. Assim, se você vive sofrendo com a ansiedade e todos os seus efeitos
negativos relacionados, lembre-se que tudo isso significa que você está
deixando de viver o seu “presente” e se entregado a temores que certamente não acontecerão.


A única atitude
que fazem as coisas acontecerem é a ação e, esse agir, só pode ser concebido no
“momento presente”. Esteja no “presente”, viva o “presente”, respire o “presente”,
assim você pode começar a diminuir os nocivos efeitos da ansiedade, o mal do século.



Resumos Relacionados


- SÍndrome Do PÂnico - Parte Ii

- O Presente Precioso

- Livro Das Atitudes

- Lidar Com A Ansiedade

- Folha De Sao Paolo



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia