BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Vôo Do Hornet
(Ken Follett)

Publicidade
Vôo do Hornet (Hornet flight)
Autores : Ken Follett
Resumo de: AVENGER / 600 / 11 abril 2006
Tipo de resumo:Crítica


Vôo do Hornet
Ken Follett, um dos autores que tem se conduzido como melhor do mundo em vendas, fêz mais uma vez um trabalho extremamente brilhante. A segunda guerra mundial tem na abelha uma fonte principal da inspiração para incontáveis escritores, tudo sobre o globo. Muitos autores não-aficcionados, gostam de William Shirer, que incorpora suas experiências de guerra como autobiografias.
Aparte de tais livros, a ficção de sobra, na grande demanda por leitores ávidos e inumeráveis. Cada nação que participou da guerra - vitoriosos ou derrotados - sofreu perdas expressivas. Muitos países, como Japão e Inglaterra, foram devastados totalmente na guerra, e são hoje, completamente apresentados, entre os modelos do mundo.
Pior era as promessas dos Estados de política neutra tais como Dinamarca, Polônia, Checoslováquia, aos cidadãos etc. Foram roubados em seus direitos fundamentais, todos os recursos foram utilizados, fazendo armas e alimentando os exércitos. O ?vôo Hornet? é ajustado nos anos 40, em uma atmosfera similar. O curso da história foi, -Follett diz-além do tempo em que os ataques aéreos repentinos estavam se tornando cada vez mais impiedosos. Mas aqui, os ingleses parecem ter um problema: após ter feito as invasões, somente cinqüenta por cento dos pilotos aliados conseguiram retornar.
O inglês perdeu mais e mais bombardeiros aos ataques alemães, a inteligência britânica descobriu que com a perda não se pode fazer nada, pois a engenharia do avião era inábil ou mesmo dos pilotos. De fato, a força aérea alemã, Luftwaffe, parecia ser excepcionalmente rápida para os aliados. Finalmente, a confusão principal de Churchill; o capitão Digby Hoare percebe que o inimigo primeiramente, sempre utiliza os ataques da surpresa!
A inteligência britânica começa o questionar para chegar à solução. A história torna-se mais e mais emocionante até que, finalmente, o grupo dos espiões Ingleses e alguns aliados dinamarqueses, descobrem o mistério, e agora devem eliminar o problema.
A história revolve em cima de muitas características. Seria injusto se eu dissesse que um deles é o herói. Tal tipo de histórias é característica de Follett. As histórias da vida de muitos personagens diferentes, totalmente recusados, vem juntar um climax brilhante. Por exemplo; quando você lê os primeiros dois capítulos, você encontra que o capítulo três está baseado em uma edição completamente diferente. Tal estilo de escrita não pode ser convencional, mas definitivamente produz um efeito milagroso nos leitores. Outra
virtude de Folletts é a cronologia. Todos os eventos são sincronizados perfeitamente e a história parece como uma serra enorme. Em minha opinião, o único autor que consegue um efeito cronológico melhor é J.K. Rowling.
O ?vôo Hornet? é não somente uma novela é, definitivamente, muito mais do que o pura ficção. Diz muito sobre a política contemporânea a qualquer um que goste de saber. Follett escreveu também muito sobre aviões e tecnologia de guerra. O livro é completamente rico.
Aos leitores mais novos, um aviso e/ou uma ameaça (qual você prefere?): NÃO TOCAR NO LIVRO SE VOCÊ ESTIVER ATRAVESSANDO EXAMES.
para aqueles que terminaram com exames e aqueles que escolheram ler este livro, garantia do Sr. Follett de longas férias.
Tradução livre:[email protected]



Resumos Relacionados


- Queda De Gigantes

- Piloto De Guerra

- Piloto De Guerra

- A Segunda Guerra Mundial

- Voo Final



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia