BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


São Bernardo
(Graciliano Ramos)

Publicidade
São Bernardo é um livro que se inicia com o narrador revelando o porquê escreve sua história. Fala das dificuldades que enfrentou e da solução adotada para todos os problemas.
Em ritmo rápido, linguagem direta, Paulo Honório relata os acontecimentos decisivos de sua atribulada vida, da extrema pobreza à posse da fazenda São Bernardo. Após toda a emoção e tensão, já como proprietário da grande fazenda, ele parte para uma nova conquista: o amor de Madalena. A moça, uma singela e educada professora, desconhece todos os planos de Paulo Honório. Ele argumenta que pretende construir uma escola na sua propriedade. E, assim, aproxima-se de Madalena. A narrativa passa, então, a tratar dos conflitos vividos pelo casal Paulo Honório. No início, tudo é maravilhoso. Aos poucos, mas intensamente, ele se volta para o ter, para o materialismo. Isso incomoda Madalena que se preocupa com o ser, com as pessoas, com o bem-estar no dia-a-dia. Depois de um tumultuado relacionamento, diante do difícil e incontrolável Paulo Honório, Madalena não resiste e se suicida.
A partir desse fato, Paulo Honório começa a definhar. Acontece o declínio da fazenda e do seu proprietário. Sente-se sozinho, amargurado, derrotado. Percebe que viveu inutilmente. Triste, vê que não soube valorizar uma grande mulher. E que a perdera para sempre. Seu temperamento dominador, sua mesquinhez afastara Madalena. Na sua fragilidade ela não superou a distância e frieza do marido.Infelizmente, sua opção foi o suicídio. Paulo Honório toma, enfim, consciência de que é causador da morte de Madalena. Com os amigos afastados, ele revive sua triste história, escrevendo-a.
São personagens principais:
a) Paulo Honório ? sujeito que passou por inúmeras dificuldades, perseguições, negócios. Vendeu gado, imagens, rosários, miudezas, ganhou e perdeu. Sentiu sede, fome, dormiu ao relento, brigou. E se enriqueceu. Temperamento agressivo, violento, ambicioso. Depois da morte da mulher concluiu que jogou fora sua vida.
b) Madalena ? moça educada, loura, bonita, olhos azuis, frágil, educada. Sustentava-se e à tia com o salário de professora primária. Aceita casar com Paulo Honório por interesse financeiro. Depois passa a sentir por ele, ternura. Dedica-se aos humildes e humilhados, aos empregados da fazenda. É considerada pelo marido uma comunista. Não consegue se livrar do temperamento dominador de Paulo Honório. Sua opção é o suicídio.
c) Azevedo Gondim ? Redator e diretor do jornal Cruzeiro. Preocupa-se com as verbas destinadas à publicação.
d) João Nogueira ? advogado de Paulo Honório, defende os interesses deste.
e) Brito ? usa a imprensa para ganhar dinheiro.
f) Padre Silveira ? Não tem idéias próprias, medíocre.
g) Padilha ? Filho do antigo proprietário da fazenda. Entrega-se ao jogo e à bebida. Defende idéias comunistas.
h) Seu Ribeiro ? Representa os valores do mundo rural primitivo.
i) Marciano ? Símbolo da desintegração moral e ética.
j) Casimiro Lopes ? Guarda-costa de Paulo Honório.
l) Dona Glória ? Tia de Madalena, responsável por sua educação. Não aprova o modo estúpido de Paulo Honório.
m) Dona Margarida ? Criou Paulo Honório quando criança. Ele sustenta sua velhice e é a única personagem que recebe seu carinho.
n) Doutor Magalhães ? Medíocre, valoriza o formalismo da linguagem.



Resumos Relacionados


- São Bernardo

- São Bernardo

- São Bernardo

- São Bernardo

- São Bernardo



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia