BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Classicismo Em Portugal
(Literatura Portuguesa)

Publicidade
RENASCIMENTO

A sociedade se liberta do domínio da igreja e o homem se torna o centro do mundo.
Antropocentrismo oposto ao teocentrismo medieval, a valorização da razão, pelo culto da antiguidade clássica e pelo humanismo.
O Renascimento valoriza a faculdade de conhecimento e a soberania do raciocínio, capazes de conduzir o homem a grandes proesas, como as que canta Camões (1524-1580).
O renascimento imita a Antiguidade Clássica Greco-latina porque havias a concepção de que os gregos e romanos haviam atingido a mais alta realização artística.
O humanismo, característica do Renascimento, é o interesse pelo homem e a primazia a ele conferida. O sentimento religioso não desaparece, mas passa a ser secundário.
O homem passa a ser valorizado pela sua capacidade de conhecimento, pela sua possibilidade de voltar-se às coisas do mundo e domina-las pelo saber.

CARACTERISTICAS DO PERÍODO
*ANTOPOCENTRISMO valorização da razão, culto dos valores da Antiguidade clássica e
Humanismo.
*CIENTIFICISMO ? preocupação com a ciência, metodização da natureza, registro dos dados da experiência.
*ELITISMO ? arte produzida por e para uma elite antipopular.
*AUTONOMIA DA ARTE ? independência da Igreja, valorização da forma sobre o tema, surgimento a noção de autor.

CONTEXTO HISTORICO ? PORTUGAL
O classicismo português desenvolveu-se durante o século XVI. É, portanto o movimento literário de intensa transformação social e cultural representada pelo Renascimento. Caracterizado por intensa produção literária, desenvolvimento da poesia, tanto lírica como épica. A prosa também apresenta muitos textos, narrativas de ficção e histográficas e principalmente a ?literatura de viagens?, ligada aos descobrimentos marítimos
A consciência o homem como ser universal e também a consciência de nação.

.
As grandes descobertas e a euforia da riqueza e do luxo são suplantadas pelo desencanto do desmoronamento na Europa. O primeiro momento do Renascimento é de euforia e o segundo é de desencanto, decadência.



Resumos Relacionados


- Renascimento E Humanismo

- LÍngua E Literatura: Unidade 14.

- Classicismo (1527-1580)

- O Renascimento

- Renascimento



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia