BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Um Certo Capitão Rodrigo
(Érico Veríssimo)

Publicidade
O sexto capítulo da parte
O
Continente da trilogia cíclica O Tempo e o Vento.
Santa Fé, 1828.
Chega a Santa Fé o Capitão Rodrigo
Cambará. Tinha 30 anos e participara de várias guerras, em 18811, 1817,
1821 e 1825. Faz amizade com Juvenal Terra. Conhece Bibiana quando esta
vai ao cemitério colocar flores na sepultura de sua avó, Ana Terra.
Rodrigo decide permanecer em Santa Fé. A conselho do padre Lara, o vigário,
vai pedir permissão à autoridade da região, coronel Ricardo Amaral
Neto. O coronel, alegando não ser a vila lugar para pessoas como ele,
pede que vá embora. Mas o capitão está disposto a ficar. Bibiana Terra
o impressionara. Ficava horas a fio olhando para sua casa, na esquina da
praça. Por causa da jovem, Bento Amaral e Rodrigo desentenderam-se numa
festa. Sobem a coxilha para um duelo. Rodrigo é atingido por um tiro
disparado por um capanga de Bento Amaral. Juvenal acolhe o Capitão
Rodrigo, muito ferido, em sua casa. Restabelecido, ele casa-se com Bibiana
em 1829. Rodrigo passa a trabalhar com Juvenal. Abrem um armazém com
mantimentos que trazem de Rio Pardo. Nascem Bolívar e Anita, filhos de
Bibiana e Rodrigo, e Florêncio, filho de Juvenal e Arminda.
Em 1833, chegam a Santa Fé imigrantes
alemães. São eles Erwin Kunz e Hans Schultz e suas famílias.
Instalam-se em pequenos ranchos nos arredores da vila.
Capitão Rodrigo não consegue
acostumar-se à pacata vida de Santa Fé. Joga, envolve-se com outras
mulheres, trabalha pouco. Sua filha Anita, morre sem que ele viesse para
socorrê-la.
Inicia-se a Revolução Farroupilha e
Rodrigo vai para as batalhas. No ano de 1836, os legalistas atacam a vila.
Acompanha-os Rodrigo, que se encontra com Bibiana, à sua espera em casa.
O grupo toma o casarão dos Amaral, mas Rodrigo morre atingido no peito
por uma bala.
Dona Picucha Terra Fagundes, filha de
Horácio Terra, conta histórias de seus novos heróis - Garibaldi, Bento
Gonçalves e Canabarro. E fala das guerras que tomaram conta do Rio Grande
e levaram seus filhos.

"Sou
valente com as armas,
sou guapo como um leão,
índio velho sem governo,
Minha lei é coração."



Resumos Relacionados


- Um Certo CapitÃo Rodrigo(Érico Veríssimo)

- Um Certo Capitão Rodrigo

- Continente - (1949)

- O Tempo E O Vento - O Continente

- O Continente



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia