BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A Abóboda
(Alexandre Herculano)

Publicidade
A abóboda que dá o título a este conto de Alexandre Herculano é a abóboda do Mosteiro da Batalha. O arquitecto Afonso Domingues, que tanto lutou para ajudar a levar ao trono o rei D. João I, fica cego em 1401 quando está à frente da construção da abóboda do mosteiro. Perante esta situação e dando ouvidos aos conselhos dos seus conselheiros, o rei entrega a obra a um arquitecto irlandês, mestre Duguet, mas depois de construída a abóboda desaba. D. João I chama então, de novo, Afonso Domingues e entrega-lhe a reconstrução da abóboda. Após a conclusão do seu trabalho, o arquitecto decide passar três dias de jejum sob a abóboda e morre depois de ter a certeza de que ela não cairá. O arquitecto irlandês que tinha em pouca conta o velho cego torna-se então seu grande admirador. Neste conto está bem patente o nacionalismo do escritor. De um lado temos o português honrado e grande lutador e do outro o estrangeiro arrogante e incapaz.



Resumos Relacionados


- A Abóboda

- A Abóboda

- A Abóboda

- A Abóboda

- A Abobada



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia