BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Mãe É Tudo Igual
(Lidia Maria Teixeira)

Publicidade
Clarice Lispector parece resignada em relação à solidão materna,conformando-se com o fato de que um dia aqueles meninos que ali brincam, dão trabalho, depois entram na adolescência,dão mais trabalho ainda,de
repente,como num piscar de olhos, criam asas e voam. Clarice considera que esse é o destino de todas as
mulheres que se tornaram mães.Com relação a essas e outras questões que envolvem a maternidade, há
muito a refletir e é o que pretendo fazer neste texto: pensar acerca dos sentimentos de medo e perda.



Resumos Relacionados


- Novíssima Gramática

- A Legião Estrangeira

- Clarice Lispector

- A Legião Estrangeira

- Disidências Na Literatura E Cinema Latino-americano E Peninsular



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia