BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Cada Caso É Um Caso
(ROSITA)

Publicidade
Tinha que me apresentar para a consulta logo no outro dia de manhã , no piso 9 do Hospital Distrital de Santarém. Lá estava eu às 9 horas conforme o estabelecido.O Médico oncologista começou por me dizer: isto é um caso grave. Não está nada bem, deviam de lhe ter tirado o peito todo e os gânglios da axila. Isto pode dar para o torto, e tem que fazer 4 tratamentos de quimioterapia, de 21 em 21 dias. Começa já hoje.Tem que se preparar, porque lhe vai cair o cabelo, o período vai desaparecer, vai ter náuseas, etc. etc.Levou-me para uma sala estranha, com muitos sofás (cerca de 10) e outras tantas pessoas ali sentadas cheias de tubos por todos os lados (era a sala da quimioterapia) Quando eu cheguei todos os olhos se puseram em mim (certamente não, mas foi o que eu senti naquele momento). Levava comigo as credenciais que o Médico me passou e entreguei à Sra. Enfermeira.Foi simpática, sorriu-me, animou-me e mandou-me sentar num sofá que estivesse disponível. (Muitas das vezes tinha que esperar que outro ou outra doente se levantasse quando acabava o seu tratamento para eu me sentar). Tinha à minha frente um suporte como os do soro. A Enfermeira colocou lá um tubo com um líquido branco, injectou-me uma veia na mão esquerda e ligou-me àquele tubo. Quando acabou aquele líquido, colocou outro amarelo e depois outro vermelho. Demorei cerca de uma hora, ali sentada a fazer o tratamento. Havia uma televisão para ajudar a passar o tempo.Seguiram-se mais 3 tratamentos, de 21 em 21 dias.Fazia análises ao sangue antes de cada consulta, seguido da quimioterapia.Em Setembro, quando pensava que tudo tinha acabado, fui chamada para uma segunda intervenção cirúrgica. Era preciso retirar mais tecido mamário pois ainda havia margem cancerígena.Desta vez há a hipótese de me tirarem o peito todo ou até os dois, pois não se sabe bem qual é a margem atingida. Quando entrei na sala de operações não tinha nenhuma certeza de como iria de lá sair.Correu tudo bem não lhe tirámos o peito diz o Cirurgião.Mas? tinha que fazer mais tratamentos de quimioterapia. Agora, o pior são as veias das mãos que não aguentam mais agulhas, porque com os primeiros quatro as veias rebentaram e as mãos ficaram feridas e inchadas.Solução: tem que colocar um cateter.Fui de novo à sala de operações, em ambulatório e com anestesia local colocaram-me um cateter no lado superior direito.Aquilo incomodava-me . Era um objecto estranho ali por debaixo da pele onde me injectaram mais quatro tratamentos de quimioterapia .Seguiram-se mais exames, mais análises, mais Rx.Está tudo bem. Mas? é melhor fazer radioterapia.



Resumos Relacionados


- Cada Caso É Um Caso

- Cancro Da Mama

- Descobertas Sobre O Câncer De Mama

- Quando Tudo Começa Na Internet

- O Globo



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia