BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Cadeia De Notícias Zoland/1
(Resumo: O Zoland Times)

Publicidade
Cadeia de Notícias Zoland/1
HWA refuta estardalhaço com Zoland Times Lamka: A alegação de estupro de Zo na comunidade étnica de mulheres de Hmar (subdivisão de Tipaimukh) parece estar passando por outra reviravolta com o Alerta de Direitos Humanos e Hmar- Associação de Mulheres, ambos fazendo uma festa; investigando o continuado incidente para refutar cada reivindicação de outros.
Hmar - Associação de Mulheres, designada Região Hmarram (3 de junho) noticía a reportagem de Alerta da Declaração dos Direitos Humanos como outra tentativa vã para trivializar que o sério crime acometeu estas pessoas de Hmar na área de Tipaimukh.
Competir e desafiar o nosso povo sofrido, é uma grande desgraça, quando estamos confrontando a exploração maior; discriminação e negação pelo governo de Estado como também o perpetradores das conveniências do HRA.
É uma vergonha por parte de HRA fazer o que tem feito.
Está enterrando, sua credibilidade neste altar de mentiras e covardia... Como disse a declaração.
Alegando que Hmars e a sociedade maior - Direitos Humanos - não precisam de uma organização duvidosa que voa ao redor do mundo disfarçada de representante das vítimas e protetora dos marginalizados.
HWA exigiu uma explicação de HRA e seu Diretor Executivo, Babloo Loitong-bam de sua posição no assunto:
- Se ele está falando em nome dos perpetradores do crime, assim seja.
E se ele reivindica estar se levantando em nome das vítimas inocentes, nós lhe pedimos que se retire de immediato, somou a declaração assinada por Hluni.
O Secretário da HWA se dirigiu aparentemente ao Diretor Executivo do HRA.
A declaração ao HRA adicionalmente acusado de torcer a verdade e economizar sua imagem. Depois de contar às mídias, que o estupro aconteceu em Tipaimukh (em uma conferência de imprensa em 13 de março 2006)... por que HRA têm que competir com a verdade novamente? Questionou a declaração.
Dobrado o HRA, uma vez mais pede exame em paralelo das vítimas de estupro. Desejou-se saber por que HRA deixara espaço para tal reivindicação, quando poderia ter feito tudo isto apenas tendo requerido do Diretor Executivo, que visitou as vítimas de estupro.
Não há nenhuma necessidade por tais atores tentam representar ou intervir em nossos tempos mais duros, disse a declaração. Não há nenhuma verdade real ou meia verdade no assunto presente.
A verdade é que, não só foram molestadas nossas irmãs e mulheres como foram estupradas. Nossos povos são deslocados, torturados, mutilados e mortos em suas terras pelos mesmos perpetradores, o UNLF e KCP. Declaram os homens de Hmar. Até mesmo a declaração de Assn esclareceu aquela menção - ing UNLF e KCP como perpetradores.
Não querem dizer que estavam acusando a organização como um todo, mas só alguns elementos não desejados dentro da organização que perpetram isto.
Tradução livre: [email protected]com



Resumos Relacionados


- Direitos Humanos Banalizados

- Direitos Do Homem E Do Cidadão: Suas Origens

- Declaração Universal Dos Direitos Humanos

- Direitos Humanos

- O Estigma Do Sexo



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia