BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Técnicas De Comunicação Escrita
(Izidoro Blikstein)

Publicidade
Publicada originalmente na década de 1980, a obra partiu de uma indagação fundamental do autor: o que devemos saber para escrever bem?
Como proposta de trabalho, o professor procurou elaborar um texto claro, objetivo e divertido. Começa com a história de um gerente apressado que, por medo de viajar de avião, pede à secretária que lhe compre uma passagem de trem para o Rio de Janeiro. Só que o gerente redige um e-mail tão confuso que a secretária acaba por comprar o bilhete errado. A partir daí, expõe as técnicas e os segredos da comunicação escrita.
Para Blikstein, a moral dessa história é ?Quem não escreve bem... perde o trem!?. Esse é o título do primeiro capítulo, que constitui a tese do livro: se não escrevermos corretamente, não obteremos as respostas que esperamos.
A nova edição desse livro da série ?Princípios? confirma sua permanente utilidade e praticidade, na medida em que possibilita ao leitor conscientizar-se da importância de uma boa redação, seja aquela que serve de comunicação nas organizações empresariais, seja a elaborada no ambiente acadêmico.
Segundo o professor, escrever bem é, antes de tudo, escrever de modo claro, conciso e atraente. ?As pessoas escrevem (e falam!) sem ter consciência do modo como a mensagem foi elaborada. Partem do princípio de que ?se está claro para mim, está claro para o leitor', o que constitui um trágico engano.?
A conseqüência desse equívoco, na avaliação de Blikstein, é a elaboração de textos confusos, obscuros e contraditórios, cujo resultado é ilustrado pela história contada acima, aquela do gerente apressado. ?Quem não escreve bem, perde não só o trem, mas muitos outros bens: a calma, uma boa imagem e um bom cliente.?

Ainda sobre as novas tecnologias, Blikstein admite que elas trouxeram rapidez, mas não qualidade. Crítico, o professor diz que, no caso dos e-mails, a comunicação escrita continua pouco eficiente.



Resumos Relacionados


- Técnicas Da Comunicação Escrita

- A Relação Professor E Aluno No Projeto Do Dizer

- A Arte De Escrever

- Linearidade Ou Iconicidade?

- Redação Hipnótica - Capitulo 2



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia