BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


O livro que não escrevi
(Daniel Araujo)

Publicidade
Talvez você se pergunte que livro é este que você não encontrou na livraria, nos sarais, nos cebos pela cidade onde mora, no site de busca. Pode parar de procurar porque você não o encontrará, ele ainda não foi escrito e talvez por este motivo mesmo ele pode ser considerado o melhor livro de todos os tempos porque nenhum homem ainda pôs suas idéias tão pequenas e distantes do que este livro se propôe a ser. Sendo um livro que ainda não sei do que se trata, posso escrever tudo a respeito dele, falar sobre todas as suas virtudes e nuances que me fazem repensar o que nunca pensei tendo em vista que ele realmente não existe. Se tivesse que escolher do que este livro falaria, talvez escolhesse a unimultiplicidade, talvez falasse da singularidade existente no mundo ou de uma cadeira que passou a ser cadeira porque alguem quis assim e não eu. É verdade, ou mentira não sei, mas você nunca pensou na singularidade do mundo todo que impôe aos outros que a cadeira deve se chamar assim porque alguém disse que o seria. Porque a organização é algo certo e a desorganização não, quem disse que é melhor, é melhor prá quem. O melhor de tudo é pensar que eu não sei de que este livro fala, minhas opções se tornam ilimitadas podems até ter um livro que tenha o propósito de falar de música ou de religião. Seja o que for estou muito feliz porque nunca se escreveu um livro assim.



Resumos Relacionados


- O Segredo

- Quem Mexeu No Meu Queijo?

- Quem Mexeu No Meu Queijo?

- Não Há Coincidências

- Esperando O Amor Chegar



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia