BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


E A NAVE VAI
(Fabíola Carvalho)

Publicidade
No renascimento, época em que a Europa acordou do sonho encantado da Idade Média, em que se inventou a imprensa e se conheceu a bússola, Pedro Álvares Cabral ultrapassou seus limites e descobriu o Brasil. Oito anos antes, Cristóvão Colombo, a América.Grandes navegadores, também foram os piratas. Não assumiram nenhuma grande descoberta, mas seus esconderijos eram nas ilhas do Caribe: mar morno, azul turquesa e areia branca, o melhor pedaço do globo, diríamos.Segundo Buckminister Fuller, em seu livro Operating Manual for Space Ship Earth, os grandes piratas era dotados de imensos e diversos conhecimentos e avessos à especialização. Enquanto muitos homens olhavam o céu e só viam estrelas, eles viam muito mais... viam para onde iam, num mapa invisível ao vulgo. Os grandes piratas foram os primeiros cidadãos do mundo, pessoas que se lançaram ao vento e romperam as fronteiras nunca dantes navegadas. Possuir um navio transatlântico naquela época era o mesmo que ter uma nave espacial nos dias de hoje, com o detalhe de que piratas eram pessoas comuns e não Estado ou Corporações.
Foi uma época em que o mundo expandiu seus limites e as trocas se tornaram universais.
- Can you hear me, Major Tom?



Resumos Relacionados


- Um Navio Chamado Brasil

- Louves De Mar (louves De Mer)

- Descobridores Esquecidos Do Novo Mundo

- Revista Superinteressante

- Corsários



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia