BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A Águia e a Galinha
(Leonardo Boff)

Publicidade
Esse livro é uma verdadeira metáfora da condição humana.
Uma História que vem da África
Um político popular de nome James Aggrey, natural de Gana um país situado na parte Ocidental Africana, uma vez contou uma história que circulou o mundo. Gana estava sob o domínio inglês. Aggrey agia com histórias de incentivo a seus compatriotas, motivando a não se submeterem mais aos mandos e desmandos das autoridades inglesas que somente os exploravam de forma a retirar todas as riquezas daquele país.Gana conseguiu a liberdade tão querida por Aggrey. Mas, ele não pode ver o grandioso feitio, pois veio a falecer em 1927. Então veio a liberdade com Kwame N’Krumah que mesmo sob vigilância britânica conseguiu unificar e fundar o chamado Partido da Convenção do Povo, resultando, em 1952, a nomeação de ministro e em 1958 a proclamação da independência de seu País.

Nós somos águias

Aggrey vendo os lideres divididos em várias posições, quanto ao domínio inglês, contou-lhes uma história em que uma águia foi domesticada por um camponês e criada junto com as galinhas que ali habitavam. Porém, ao ver aquele animal imponente um naturalista resolveu dar-lhe a chance de ter sua liberdade, que lhe foi roubada, de volta. Após três tentativas a águia alçou vôo, para a conquista do que lhe foi privado durante certo tempo. A partir daí, Aggrey faz uma comparação com a palavra da Bíblia na passagem onde relata que o ser humano foi criado a imagem e semelhança de Deus. Dessa forma, todos tem o direito de escolher: a ser livres, a dominarem ou serem dominados.

A Águia cativa a liberdade
Leonardo Boff aplica a história narrado por Aggrey, trazendo-a para os dias atuais em que se passa no Rio de janeiro utilizando uma águia que esta quase extinta devido a urbanização e o desmatamento. Boff modifica algumas partes da história tal como a quase morte, a cegueira dentre diversos outros ferimentos sofridos pela ave. Mas quando a águia vê suas irmãs sobrevoando sua moradia percebe que ela também pode fazer o mesmo, vendo seu criador, o empalhador, que ao ver a águia querendo erguer vôo viu que uma águia sempre será águia, não importa o tempo que se passe.
A Águia e a Galinha convivem em nós Leonardo Boff fala da complexidade da realidade que, mesmo os mais brilhantes pensadores não conseguem entenderem, porém, arrumaram uma forma de entender gradualmente, exigindo assim várias especialidades que surgiram de acordo com a tentativa de entender o complexo. Conseguimos com isto vários especialistas, e cada um, ocupa-se com uma coisa especifica, fragmentada, perdendo assim o conhecimento complexo da coisa, do todo. Nem todo caos é caótico. O homem é inteiramente dependente do que esta ao seu redor. É materialista, tornando se assim uma galinha dependente de tudo que o rodeia e que o faz viver bem. Esquece-se da alma, que por sua vez é a águia, a qual, em estado de concentração ou profundidade faz com que possa alcançar um deus ou mesmo Deus o qual o consideramos como o ser supremo, e que seria o ideal para todo e qualquer humano. A fé nos eleva a um patamar mais elevado. Todo ser humano, independentemente de religião, sexo, trabalho e ou crença tem sua própria moral. Mas só a moral não nos basta. É preciso a sabedoria para o viver e agir. O livro tenta passar a idéia de que devemos aprender com sabedoria a controlar a galinha que existe dentro de nós e a usar o poder da águia que existe dentro de cada um.



Resumos Relacionados


- A Aguia E A Galinha

- A águia E A Galinha

- A Águia E A Galinha

- A Águia E A Galinha

- Natal Dia De Esperança



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia