BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


E se amanhã o medo
(Ondjaki)

Publicidade
"- Sabe, foi num domingo - iniciou o doutor. - Fui chamado à frente de combate e ninguém queria operar o homem: tinha uma espécie de explosivo preso à perna. Era uma operação muito delicada, ainda hoje penso nisso. Tive que fazer tudo muito devagar, enquanto o homem sofria com as dores, e ambos tínhamos que ser pacientes. Quase no fim, o soldado disse-me: deixa-me morrer, tou muito cansado já. Eu respondi: já te deixo morrer, deixa-me só salvar-te primeiro."Ondjaki tem o dom alquimista de escrever com o coração todo, com as dores e as felicidades, com as alegrias e as tristezas, com África ao pé da boca e o seu misticismo na pena. Pela sua mão deixamo-nos levar pelos musseques e pelas vielas de Angola, pelo verde gritante da natureza e o sólido azul do céu encontrando-se com o mar.Esta antologia de contos surpreende pela simplicidade e pureza dos sentimentos e dos gestos das personagens.Quem já tenha estado em África, facilmente reconhecerá os locais e a maneira de ser de quem lá vive. Quem nunca esteve em África fica com uma vontade grande agarrada ao peito, como lapas na pedra e um gosto doce e quente na língua, saudosa por reconhecer os sabores daquela terra.



Resumos Relacionados


- Reflexões Sobre A Vida_o Caminho Da Vida

- Lições Da Bisavó Da Minha Avó

- Lições Da Bisavó Da Minha Avó

- Os 7 "não" Do Verdadeiro Sucesso

- Homens Sao De Marte,mulheres Sao De Venus



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia