BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Os Climas e formação de vegetais
(Lene)

Publicidade
A ÁGUA NOS CONTINENTES
Os rios, os lagos, as águas subterrâneas e as geleiras representa as porções de água doce que se encontram nos continentes.

A distribuição da água nos continentes
A água que encontra nos continentes está distribuída nos rios ,nos lagos, Infiltrada em camadas subterrâneas do solo ou congelada, como em geleiras e picos de montanhas.
Os rios
Os rios são cursos naturais de água doce que correm sobre a
superfície terrestre.
A água do rio geralmente provém de águas subterrâneas, que afloram do solo e chegam à superfície.
Os rios correm sempre de áreas de maior altitude para áreas de menor altitude.
A variação do nível de águas de um rio no período de um ano é chamado de regime fluvial.
A água das chuvas também interfere no regime de um rio.
Nas épocas de seca, muitos rios têm seu leito diminuído. E o contrário acontece na estação chuvosa, quando o volume de água aumenta.
Como todos os cursos de água percorrem uma área no terreno, correndo sempre para a área de menor altitude, os rios podem se encontrar e se unir.
O rio principal recebe as águas de outros rios, que são chamados de afluentes. Dessa forma, o volume de água existe no rio principal costuma aumentar.
O rio e seus afluentes formam uma rede fluvial, e a área drenada por essa rede é chamada de bacia hidrográfica.

As águas subterrâneas
Cerca de um terço da água doce existe nos continentes está abaixo de superfície. Quando essa água chega a superfície, formam-se os rios e os lagos.
As águas subterrâneas são armazenadas no solo por causa das chuvas e da vegetação. Quando chove, parte da água pluvial (da chuva)se infiltra na terra, formando reservatórios abaixo da superfície.
Existem dois níveis do solo nos quais a água subterrânea é encontrada: no lençol aqüífero e no lençol artesiano.
Lençol aqüífero
É um reservatório de água encontrado na camada do solo mais próxima da superfície. A água armazenada nessa camada é a mais fácil de ser alcançada e retirada. Os poços, que abastecem muitas casas e povoados distantes de rios há anos, foram escavados até essa camada do solo.
Os lagos são concentrações originadas pelo acúmulo de água em depressões do terreno. A concentração da água ocorre quando um rio encontra uma barreira no relevo que impede a água de continuar escoando livremente.
A forma, a profundidade e a extensão dos lagos variam muito.
Geralmente o lago é alimentado pelas águas de um ou mais rios afluentes. Os lagos podem também apresentar uma saída deágua, formando um rio emissário.
O rio emissário permite que a água não fique completamente parada. Quando um lago possui um rio emissário, ele é de água doce.
Alguns não possuem um local por onde a água possa escoar. Assim, todas as substâncias que são trazidas pelos rios e pelas chuvas ficam acumuladas nas águas, tornado-as salgadas.
Geleiras
As geleiras são massas de gelo formadas em regiões onde a queda de neve é superior ao degelo.
As geleiras são encontradas nas regiões de elevada altitude ou nas zonas polares. Nessa áreas, quando ocorre um aumento da temperatura em períodos mais quentes, as águas podem se descongelar e dar origem a lagos e rios.
As geleiras podem apresentar um lento deslocamento, ocasionando destruição e construção nas formas de relevo.
A importância da água doce é um dos principais recursos para a sobrevivência dos seres vivos.
Sem ela, a vida não seria possível. Além do consumo diário de pessoas e animais, a água doce é utilizada para irrigação, pesca, transporte de pessoas e de produtos e geração de energia elétrica.

AS BACIAS HIDROGRÁFICAS DO BRASIL

As bacias hidrográficas
O Brasil apresenta várias bacias hidrográficas. As mais importantes são a bacia Amazônica, a do Paraná, a do Tocantins Araguaia, a do Uruguai e a do São Francisco.
Características Gerais
No Brasil existem muitos rios extensos e caudalosos. Eles são alimentados pelas abundantes chuvas que caem durante o ano.
Os rios brasileiros são importantes agentes modeladores do relevo. Nas regiões de planalto, eles retiram e transportam muitos sedimentos do solo. Esses sedimentos são depositados nas áreas mais baixas, as planícies.


OS CLIMAS E AS FORMAÇÕES VEGETAIS DA TERRA

Os tipos de clima que abrangem maiores extensões da superfície terrestre são o equatorial, o tropical, o subtropical, o temperado, o frio, o polar, o semi-árido e o desértico.
O clima equatorial é encontrado em áreas situadas nas proximidades da linha do Equador, onde os raios solares atingem o planeta com maior intensidade, provocando maior evaporação e, conseqüentemente, maior quantidade de chuvas.
Nas regiões dominadas por esse tipo de clima quente, as temperaturas mantêm-se elevadas (25°C em média) durante todo o ano e as chuvas são abundantes (mais de 2000mm em média).
Na maior parte do nosso país, onde ele é atravessado pela linha do Equador, encontramos uma extensa área dominada pelo clima equatorial, quente e úmido o ano todo.



Resumos Relacionados


- Bacia HidrogrÁfica - Geografia Geral

- Icebergs

- Aspectos Geográficos Da Região Norte Do Brasil - Relevo E Hidrografia

- A Semana Internacional Da Água

- Hidrografia – Rios



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia