BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Há fofoqueiros trabalhando com você?
(Dalmir Sant''anna)

Publicidade
Nos dicionários encontramos a definição da palavra fofoca enfatizando como "uma afirmação não baseada em fatos concretos com a intenção de enganar ou transmitir falsa impressão de uma pessoa, algum acontecimento ou fato ocorrido". Os estudiosos dos problemas da administração moderna são favoráveis à concepção de que inseridos em uma organização, o fofoqueiro pode paralisar o desempenho e ameaçar potencialmente a sobrevivência das relações de uma equipe. O palestrante mágico Dalmir Sant Anna, destaca que o papel do fofoqueiro, está explicitamente demonstrado através da ausência dos valores éticos e da desvalorização do capital humano, sendo o oposto de um profissional comprometido com a manutenção do trabalho em equipe. Para contribuir com um clima organizacional próspero e promissor, observe as seguintes dicas: Informações ilícitas - A rede de conversas será contaminada com assuntos negativos, quando há existência de fofoca, pois pessoas de má índole podem utilizar informações para obter de maneira ilícita a ascensão das suas atividades, e utilizar esta mensagem para extinguir, suprimir e abolir a imagem profissional de um colaborador diante da gerência ou de um cliente da empresa. É importante compreender que a fofoca faz com que a relação entre as pessoas, venha a sofrer atritos pela rapidez e velocidade que é transmitida através dos contatos e dos mais diversos meios de comunicação existentes. Muita cautela ao revelar confidências pessoais, anseio de trocar de cargo ou expressar qualquer opinião negativa sobre clientes, colegas de trabalho e gerência, para não ter surpresas desagradáveis. Observe que na prática, a sobrevivência de um profissional pode ser abalada com pessoas que constantemente entram na sala e dizem: Sabem da última?Confiança abalada - Durante seu expediente, você recebe uma informação sobre um colega de trabalho e evita passar adiante, pois tem dúvida e suspeita da sua veracidade. O que você ganha com esta atitude? A resposta é única: credibilidade. O profissional de destaque no período contemporâneo compreende que a fofoca dificilmente tem um escopo construtivo, educativo e faz com que a confiança seja abalada. É preciso desenvolver sinais de alerta e apontar um equívoco cometido, indicando onde é possível melhorar um relacionamento, inibindo a multiplicação da fofoca e integrando princípios de valorização, respeito e reconhecimento. Líderes e liderados têm a confiança abalada quando lançam a semente da fofoca e colhem frutos amargos que destroem a eficácia do ambiente de trabalho. Em período de competitividade intensa e do foco constante em inovação, o tempo desperdiçado e inutilizado com uma fofoca, poderia ser perfeitamente utilizado para gerar energia positiva para novos negócios e projetos. Não há como valorizar o espírito de cooperação, quando uma pessoa descobre que é vítima de fofoca. O desempenho de um exímio profissional, indiferente da sua área de atuação, pode ser inferior ao normalmente realizado, quando percebe que há pessoas comentando negativamente sobre o seu comportamento. Quando um líder consegue identificar e isolar uma fofoca, tomando o máximo de cuidado com a sua origem, possibilita aferir melhores resultados e entrega a sua equipe, a oportunidade de reter talentos humanos, valorizar a cooperação e estimular a proeminência do companheirismo.



Resumos Relacionados


- Fofoca X Boatos

- Inferno E Juízo Final

- Trabalho Em Equipe

- O Poder De DestruiÇÃo Da Fofoca E Da Inveja

- Liderança



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia