BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Método E Visão De Mundo Em Keynes: Uma Abordagem Alternativa
(Maria Aparecida G. de Souza)

Publicidade
O texto desenvolve com base na
literatura recente sobre a História do Pensamento Econômico, a evolução das
idéias sobre o método keynesiano.

O texto é exposto em três
tópicos: 1) Visão de mundo, antes de método; parte da diferenciação entre as
visões de mundo que estariam na raiz do método, com o objetivo de evidenciar a
concordância dos pensamentos de Keynes com os princípios filosóficos. Faz
referência à ontologia dialética e à concepção monista do pensamento ocidental,
trazendo a discussão sobre a questão do método em Keynes e sua relação com a
?visão de mundo? não positivista. Expõe observações que visam situar Keynes em
sua compreensão da Economia como uma Ciência Moral, enquanto ciência voltada
para a ação, e do conhecimento específico dos agentes econômicos como
?incerto?, que mostra uma visão dialética. 2) As abordagens tradicionais e o
keynesianismo filosófico; mostra que até os anos 30 a economia não possuía seu
método completamente codificado, e até os anos 60, os interpretes econômicos de
Keynes, não davam atenção à questão do método em sua obra. O renascimento do
interesse em metodologia na Economia é dos anos 70. Faz referência ao trabalho
sobre o método keynesiano de Kregel, cujo objetivo é o de defender a
legitimidade da teoria pós-keynesiana. Kregel aponta o conceito de Demanda
Efetiva como traço da abordagem de Keynes. 3) O método de Keynes e as
controvérsias atuais; trata do método keynesiano e das principais controvérsias
sobre o tema, centradas, na continuidade ou ruptura do enfoque metodológico de
Keynes ao longo de sua produção teórica. Parte daí o método próprio de Keynes,
associado a sua concepção de probabilidade e de conhecimento limitado, e sua
relatividade com o conhecimento em condição de incerteza da Teoria Geral.

Tudo isso fornece informações para a conclusão de
que, em suas concepções de probabilidade e de conhecimento, encontram-se
elementos que possibilitem uma leitura dialética na obra de Keynes, não
supondo, todavia, que de fato ele faça uso o método dialético.



Resumos Relacionados


- Keynes In The 1990's

- Aspectos Metodológicos Da Economia Clássica E Neo-classica

- Aspectos Metodológicos Da Economia Clássica E Neo-classica

- A Evolução Da Economia Como Ciência

- The Essence Of Hayek



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia