BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A ALTA EXAUSTÃO EMOCIONAL COMO FATOR PROPICIADOR DO DESENVOLVIMENTO DA SÍNDROME DE BURNOUT
(Melissa de Liz dos Santos; Roseli Crevelaro)

Publicidade
A Síndrome de Burnout é a resposta ao estresse laboral crônico que afeta os profissionais cujo serviço exige um contato direto com outras pessoas. Para a caracterização desta Síndrome são necessários três indicadores, sendo eles alta exaustão emocional, alta despersonalização e baixa realização profissional.Este trabalho teve sua origem em uma pesquisa, desenvolvida em duas fases, realizada com o corpo gerencial de uma empresa multinacional. Na primeira fase realizou-se uma investigação bibliográfica e em seguida foi realizada a coleta de dados, obtidos por intermédio do instrumento MBI (Maslach Burnout Inventory) e entrevistas semi-estruturadas. No resultado foram detectados apenas indícios de um possível desenvolvimento desta Síndrome. Por esse motivo fez-se necessário, como forma de prevenção, um programa de conscientização sobre os fatores que desencadeiam a Síndrome de Burnout. Este artigo tem por objetivo discorrer sobre a alta exaustão emocional, considerada como o fator central da Síndrome de Burnout e como o principal fator propiciador desta Síndrome que é desencadeada quando o indivíduo, já numa situação de estresse, tem seus recursos emocionais reduzidos, recursos estes, essenciais para lidar com situações estressoras.
Palavras-chave: exaustão emocional; fator propiciador; síndrome de burnout; prevenção.



Resumos Relacionados


- Estudo Do Stresse Ocupacional E Do Sindroma De Burnout Em Agentes Da Psp

- Síndrome Do Triplo X

- Efeitos Da Orientação Religiosa E Competência Comunicação E Apreensão

- Stress Psicossocial

- Síndrome De Ekborn



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia