BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


e no final a morte
(Agatha Christie)

Publicidade
E no final a morte.


Os antigos egípcios foram talvez, dentre todos os povos, aqueles que mais veneraram a morte, melhor dizendo, a vida além da morte. Mantinham rituais rigorosos e observavam regras severas acreditando na continuidade das atividades, das necessidades, dos gostos e prazeres daqueles que morriam e preservavam-lhes inclusive os corpos. A história que vamos contar aconteceu cerca de 2.000 A.C, em Tebas, à margem oeste do Nilo com a família de Renisenb cujo pai era Imhotep sacerdote mortuário de Ka e como tal responsável pela manutenção do túmulo do grande nobre Meriptah ,condição que o fazia proprietário das riquezas, das muitas terras de cultivo, jóias, escravos, animais e também do prestígio que eram o dote do túmulo. Era o terceiro mês da inundação em seu décimo quarto dia e a jovem Renisenb uniu-se ao alvoroço de toda sua família, dos muitos servos que cultivavam os campos, dos pescadores, dos escravos e dos escribas por ocasião da chegada de seu pai, após muitos meses de ausência. Imhotep trouxe para o convívio da família uma belíssima jovem chamada Nofret, sua concubina e esse fato, completamente inesperado, causou algum constrangimento e desagrado entre Renisenb e seus irmãos, Yahmose, Sobek, Ipy e suas cunhadas Satipy e Kait. Mesmo a velha e sábia Esa, (mãe de Imhotep), percebeu os problemas potenciais que a vinda da jovem concubina traria e tratou de alertar ao filho, que não lhe deu atenção acreditando que seu desejo de ter a jovem em casa acabaria sendo respeitado. Nova viagem obrigou Imhotep a ausentar-se mais uma vez e os ânimos exaltados de todos e os mal entendidos transformaram-se em algo muito pior e muito mais destrutivo. Nofret morreu de forma misteriosa e violenta. Foi como se tivesse sido aberta à passagem para o mal. A antiga paz e o sossego da família acabaram dando lugar ao medo e a desconfiança. Nada mais parecia certo, Renisenb deu-se conta de que em absoluto conhecia aqueles que havia acreditado conhecer e amar, procurou consolo e segurança na companhia cada vez mais freqüente do tranqüilo escriba Hori, seu amigo de toda a vida. O escriba e a velha e sábia Esa mantinham-se atentos e juntos procuravam as pistas para descobrir o perigoso mistério que os importunava. As mortes sucederam-se em espantosa e macabra seqüência, ninguém estava a salvo. Depois de Nofret sofreram a perda de Satipy que havia sido sempre tão corajosa, mas que ultimamente transformara-se num ser lamuriento e assustado, depois o belo Sobek a quem foi impossível salvar e Yamose salvou-se da morte por envenenamento por verdadeiro milagre, então foi Ipy ainda um menino, encontrado afogado num trecho do rio, um garoto encarregado do cuidado com os animais foi encontrado morto nos estábulos e a velha Hemet, sempre a esgueirar-se nas sombras para escutar por trás das portas acabou sufocada em metros e metros e linho funerário. Desesperado Imhotep não poupou gastos com cerimônias e sacrifícios aos mortos e ao túmulo do nobre Meriptah para salvar os filhos que lhe restavam, mas tudo parecia inútil. Então um sinal de Esa convenceu o inteligente Hori de que ela havia desvendado mistério e sabia quem era o assassino, por isso estava correndo tremendo perigo e mais uma vez a morte foi implacável. O assassino alcançou sua vítima através de veneno misturado aos ungüentos tão necessários aos bem estar da velha senhora. Agora Hori precisava agir rápido e com o máximo cuidado. Era preciso proteger Renisenb a qualquer custo. Foi graças a esta determinação do fiel escriba e por sua vigilância constante que o assassino foi finalmente desmascarado, no momento exato em que se preparava para matar mais uma vez. Yamose, com seu olhar transtornado de louco, e sua decisão inabalável que as súplicas da irmã a quem ele uma vez soubera amar não puderam deter. Uma flecha certeira salvou Renisenb da morte que a esperava no fundo do precipício, no caminho íngreme para o túmulo de Meriptah.



Resumos Relacionados


- Homem Assassinado Regista Seu Assassino Em Fotografia!

- Esconderijo

- Um Ano Inesquecível

- O Menino Do Pijama Listrado

- A Velha Senhora



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia