BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Da Terra à Lua
(Júlio Verne)

Publicidade
A obra de ficção-científica se passa nos EUA do século XIX. Durante a Guerra de Secessão, a guerra civil americana, foi fundado o Clube do Canhão, uma associação que tinha por objetivo a invenção e o teste de toda e qualquer arma de fogo, desde pistolas até canhões. O sagaz Julio Verne, alfinetando o espírito bélico dos americanos, os mostra numa situação caricata de desespero. Eles não sabiam o que fazer da vida, agora que a guerra chegara ao fim. Não queriam trabalhar nas colheitas de algodão como simples cidadãos. Queriam continuar testando suas armas e para isso precisavam do inimigo. O presidente do clube, Barbicane, buscando um novo caminho para esta obcessão coletiva por pólvora, inventa um novo projeto. Ele quer conquistar a lua. Quer dar um tiro e quer que a bala chegue à Lua. Com avançados conhecimentos científicos, Barbicane pede ajuda a estudiosos e rapidamente consegue a aprovação popular para seu experimento, que ganha proporções internacionais. Consegue patrocínio para a empreitada e começa a construção de uma gigantesca columbária que ira atirar o projétil à lua. Um francês excêntrico torna as proporções do projeto ainda maiores, pois ele decide que viajará dentro do projétil. Dotado de lábia e diplomacia excepcionais, Miguel Ardan ganha rapidamente a aprovação do público e convence Barbicane e outro homem a embarcarem. Após viabilizarem o projétil, que agora se tratava de vagão vertical, para que levasse dentro dele três tripulantes, o tiro foi dado e os três homens foram lançados à lua. Será que sobreviveram?



Resumos Relacionados


- Lesões Transfixantes

- Lesões Por Arma De Fogo

- Lesões Por Arma De Fogo

- Estética E Ideologia: O Modernismo Em 1930

- Diamante De Sangue



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia