BUSCA

Links Patrocinados



Buscar por Autor
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


G1 Noticias
()

Publicidade
Colômbia rejeita pedido de Chávez que Farc sejam reconhecidas O governo colombiano classificou de ''desproporcional'' o pedido do venezuelano.Chávez pediu que as guerrilhas fossem reconhecidas como atores políticos. governo colombiano classificou de "desproporcional" o pedido do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, de que sejam reconhecidas as guerrilhas colombianas como atores políticos e que sejam retiradas da lista de organizações terroristas. "É uma proposta desproporcional; o governo não pode admitir um pedido dessa natureza", afirmou o ministro do Interior, Carlos Holguín. O pedido de Hugo Chávez foi realizado momentos antes, um dia após da libertação de duas reféns pela guerrilha. "Solicito aos governos do continente (latino-americano) que retirem as Farc e o ELN da lista de grupos terroristas do mundo; peço à Europa que retire as Farc e o ELN da lista de grupos terroristas do mundo porque essa lista tem uma única causa, a pressão dos Estados Unidos", afirmou Chávez ante à Assembléia Nacional venezuelana, ao apresentar seu relatório anual de 2007. "As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o Exército de Libertação Nacional (ELN) não são nenhum corpo terrorista, são verdadeiros exércitos que ocupam espaço na Colômbia; é preciso dar a eles reconhecimento, pois são forças insurgentes que têm um projeto político, um projeto bolivariano, que aqui é respeitado", enfatizou.



Resumos Relacionados


- Chavez E Uribe Negociam Com As Farc

- Folha De Sao Paolo

- O Globo

- Aumenta TensÃo Entre ColÔmbia E Venezuela

- Fidel Alerta Para As ''trombetas Da Guerra'' Na AmÉrica Do Sul



Passei.com.br | Portal da Programação | Biografias

FACEBOOK


PUBLICIDADE




encyclopedia